UOL Esporte Futebol
 
03/11/2009 - 18h17

Mano usa provocação de Fabrício para rebater palmeirense Diego Souza

Alexandre Sinato
Em São Paulo
Mano Menezes usa a sutileza como ninguém para dar seus recados sem se comprometer. Na tarde desta terça-feira, o técnico do Corinthians respondeu dessa maneira ao palmeirense Diego Souza, que na última segunda chamou Jorge Henrique de "cai-cai" ao comentar lance duro do último domingo, no empate por 2 a 2 no clássico paulista.

Ao defender Jorge Henrique, Mano lembrou a análise que o volante Fabrício, do Cruzeiro, fez sobre o estilo de jogo de Diego Souza. "Quando ele não ganha na bola, dá soco, cotovelada, rasteira. Ele é muito bom, mas dá cotovelada e põe a mão na cara", afirmou o cruzeirense há cerca de um mês.

Nesta tarde, o treinador recuperou a história. "O Fabrício uns dias atrás falou das características do Diego Souza, né? Todo mundo já sabe bem quais são. É bom cada um respeitar a individualidade do outro e deixar o árbitro tomar as decisões", alfinetou.

Mano recorreu a tal passagem para defender Jorge Henrique. Ele protestou contra o árbitro Heber Roberto Lopes no clássico de domingo por não ter expulsado Danilo após falta dura no atacante. O zagueiro palmeirense recebeu apenas o cartão amarelo.

"O Jorge cai muito porque na maioria das vezes ele não consegue ficar de pé quando sofre a falta. A pegada sobre ele está sendo forte, pois participa muito do jogo e se movimenta demais", argumentou Mano.

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host