UOL Esporte Futebol
 
03/11/2009 - 18h34

Médico do Palmeiras propõe parada técnica nos jogos do Brasileirão

Renan Prates
Em São Paulo
O horário de verão que começou em outubro provocou uma pequena, porém significativa, mudança nas partidas do Campeonato Brasileiro. Os jogos, agora, são disputados às 15h da tarde (16h com o horário de verão), o que gera um desgaste muito maior dos atletas.

Por esse motivo, o médico do Palmeiras Rubens Sampaio sugeriu que houvesse uma parada técnica nos dois tempos das partidas do Campeonato Brasileiro. "Seria de bom senso fazer uma parada técnica...tem que pensar na parada sim, para preservar a saúde dos atletas. É bom ter bom senso e fazer a parada nos dois tempos".

Sampaio reclamou do calor que fez em Presidente Prudente no clássico contra o Corinthians, e disse que o corpo médico teve que se preparar para que os jogadores sentissem menos os efeitos negativos do clima quente.

"O grande problema é a desidratação. Tivemos que preparar bebidas isotônicas para oferecer toda hora aos jogadores", disse o médico do Palmeiras. "Temos que lembrar também que em Prudente a gente jogou muito tempo com um a menos e com um maçarico na cabeça".

O médico do Palmeiras comemorou a semana inteira que os jogadores terão de preparação para o duelo contra o Fluminense no domingo, às 16h, no Maracanã. "O pior é que quinta fez frio [em São Paulo, contra o Goiás] e muito calor em Prudente no domingo, o que deixou o pessoal bastante cansado. É bom ter uma semana cheia para poder recuperá-los".

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host