UOL Esporte Futebol
 
03/11/2009 - 07h38

No Atlético-MG, Ricardinho diz que volta ao Brasil supera expectativa

Do UOL Esporte
Em Belo Horizonte
O meia Ricardinho, que marcou o primeiro gol com a camisa do Atlético-MG, acredita que seu retorno ao futebol brasileiro superou "todas as expectativas". O experiente armador disse que se adaptou bem ao clube mineiro e se sente reconhecido.

Bruno Cantini/site oficial do Atlético-MG
Bruno Cantini/site oficial do Atlético-MG
Ricardinho diz que se sente à vontade no Atlético e com seu trabalho reconhecido
DIEGO TARDELLI PREGA HUMILDADE
PARA ATLETAS, TIME MANTÉM FOCO
REAÇÃO REALIMENTA ESPERANÇA
LEIA MAIS NOTÍCIAS DO ATLÉTICO-MG
"Estou bem satisfeito, estou feliz lá no Atlético, realmente para mim está superando todas as expectativas, e eu acho que isso que é importante. Depois de muitos anos fora do Brasil, a gente poder voltar ao Brasil numa equipe como a do Atlético, ter esse reconhecimento do nosso trabalho e principalmente se sentir à vontade", observou o meia, em entrevista à ESPN Brasil.

Ricardinho atuou fora do Brasil entre 2006 e 2009. Nesse período, ele defendeu o Besiktas, da Turquia, e o Al Rayaan, do Qatar. Em setembro deste ano, o armador de 33 anos acertou com o Atlético e voltou ao futebol brasileiro.

Pelo Atlético, Ricardinho fez apenas oito jogos do Brasileirão, sendo que nos últimos quatro atuou como titular. Na vitória sobre o Goiás, por 3 a 2, domingo passado em Goiânia, o meia marcou o primeiro gol com a camisa alvinegra.

"Foi importante sim, eu acho que é sempre uma situação nova, uma experiência nova, o Atlético é um clube grande, de uma torcida participativa, que tem nos ajudado bastante. Acho que isso que é o mais importante", ressaltou Ricardinho.

Campeão brasileiro três vezes, sendo duas pelo Corinthians (1998 e 1999) e uma pelo Santos (em 2002), Ricardinho espera conquistar o título pela quarta vez com o Atlético, que ocupa o terceiro lugar com 56 pontos, dois a menos que Palmeiras e São Paulo, primeiro e segundo colocados, respectivamente.

"O campeonato está muito competitivo. Quem está em cima está querendo chegar para vencer o campeonato. Quem está lá em baixo está fazendo de tudo para sair dessa situação", observou Ricardinho, referindo-se ao fato de que não dá para escolher adversários.

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host