UOL Esporte Futebol
 
03/11/2009 - 12h22

Pet deve ter programação especial, mas não preocupa Flamengo

Cauê Rademaker
No Rio de Janeiro
Após o duelo contra o Santos no último sábado, vencido pelo Flamengo por 1 a 0, o meia Petkovic, em coletiva concedida nos vestiários, afirmou que pediu para sair por estar cansado e com dores na coxa direita. O fato não preocupa os médicos rubro-negros, que, no entanto, vão acompanhar de perto o veterano.

UOL
Petkovic está invicto como titular do Flamengo neste seu retorno ao clube
LEIA MAIS NOTÍCIAS DO FLAMENGO
O sérvio, ao lado dos seus companheiros, se reapresentará na tarde desta terça-feira no Ninho do Urubu, após dois dias de folga. Durante esse período, Pet não entrou em contato com nenhum médico do Flamengo, sinal de que tem apenas dores musculares.

"Ele não tem lesão alguma. Vamos decidir hoje na reapresentação a programação dele, mas vai depender muito de como ele se apresentar", disse o médico Marcelo Soares.

"O Petkovic tem dor muscular. Tem feito muito esforço nos jogos, se superando. A dor é algo natural, até por se tratar de um jogador com mais idade [37 anos]. Vamos esperar ele chegar e traçar a programação dele", completou o médico.

O sérvio chegou a ser dúvida para o confronto contra o Santos justamente por sentir dores na coxa direita. Contudo, as superou e ajudou o Flamengo em mais um triunfo. Quando desfalcou a equipe, contra o Barueri, por estar suspenso, o Rubro-Negro foi derrotado depois de dez partidas invictas.

No domingo, o Flamengo, quarto colocado com 54 pontos, realiza um confronto decisivo com o Atlético-MG, terceiro com 56, no Mineirão. A partida está marcada para as 16h e até segunda-feira 60 mil ingressos já foram vendidos.

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host