UOL Esporte Futebol
 
03/11/2009 - 09h03

Tabela semelhante une rivais na reta final do Brasileiro

Carolina Araújo
Da Folhapress
Em São Paulo
São Paulo e Palmeiras, maiores candidatos ao título Brasileiro de 2009, enfrentarão uma trajetória bastante semelhante até o fim do campeonato.

O são-paulinos pegam o Grêmio na quarta-feira, em Porto Alegre, e se dizem prejudicados pela tabela do Brasileiro. Isso porque o time do Morumbi será o único a jogar neste meio de semana, em jogo adiantado para ser transmitido pela TV.

O problema é que, depois de enfrentar o time gaúcho, a equipe tricolor só volta a campo no dia 14 de novembro, contra o Vitória, no Morumbi. Nesse intervalo, os são-paulinos ficarão apenas treinando, o que, segundo o técnico Ricardo Gomes, é prejudicial à equipe nesta altura do campeonato.

"Estamos muito desgastados pelos últimos três jogos. Acho que fomos um pouco prejudicados", concorda Junior César.

Porém o Palmeiras, líder do Brasileiro com os mesmos 58 pontos do São Paulo, mas com três gols de vantagem de saldo, enfrentará o mesmo calendário na semana seguinte.

Após jogar contra o Fluminense, no próximo domingo, a equipe alviverde pega o Sport, no dia 11, quarta-feira. Depois, terá que esperar dez dias para voltar a campo - no dia 21, joga contra o mesmo Grêmio que enfrenta o São Paulo na quarta-feira.

Além disso, faltando pouco mais de um mês para o fim do campeonato, os vizinhos de CT na Barra Funda compartilharão três adversários nos últimos cinco jogos que definirão o campeão Brasileiro de 2009. Palmeiras e São Paulo ainda vão enfrentar Grêmio, em Porto Alegre, Sport, na capital paulista, e Botafogo, no Rio.

Dos dois oponentes restantes, o São Paulo enfrenta Vitória e Goiás, times que já não têm grandes pretensões no campeonato. Já o Palmeiras pega o Fluminense, que luta contra o rebaixamento, e o Atlético-MG, que, com 56 pontos, ainda sonha com o título.

Para os jogadores do São Paulo, porém, as semelhanças no sprint final entre os dois principais concorrentes são apenas coincidências.

"Os confrontos são muito parecidos, mas temos que fazer nosso papel antes de pensar nos jogos do Palmeiras. Acho que não teremos mais grandes jogos, mas todos brigarão pelo resultado", disse Junior César.

"Esse campeonato está mostrando que o futebol é realmente imprevisível. Nenhum jogo tem um favorito, e vários times estão tropeçando nesta reta final", declarou Dagoberto.

Mas, se o São Paulo repetir seu desempenho do primeiro turno contra esses rivais, o tetra Brasileiro seguido estará próximo -a equipe conquistou 100% dos pontos contra os oponentes que restam.

Desfalque
Com um estiramento na coxa, o volante Zé Luís, que também atua como lateral-direito e zagueiro, ficará em tratamento médico por três semanas. Assim, contra o Grêmio, quarta-feira, o São Paulo não terá opções de zagueiros em seu banco de reservas, já que Rodrigo, beque de ofício, e Richarlyson, também usado como defensor, estão contundidos. Com isso, Ricardo Gomes deve relacionar para a partida Aislan e Saavedra, que nem sequer estrearam neste Brasileiro.

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host