UOL Esporte Brasileirão - Série A
 
08/05/2010 - 07h00

Antigos 'azarões', Botafogo e Santos testam novo status na estreia do Brasileiro

Pedro Ponzoni e João Henrique Marques
No Rio de Janeiro e em Santos

O DUELO DOS ARTILHEIROS NO ENGENHÃO

  • Felipe Dana/AP

    O atacante uruguaio é o artilheiro do Botafogo na temporada com 14 gols. Ele tem um gol a mais que seu companheiro de ataque, o argentino Herrera.

  • Neymar é o goleador santista na temporada, com 24 gols. O vice-artilheiro do time, André, com 19 gols, também será titular no Engenhão

Botafogo e Santos iniciaram a temporada sob a descrença da mídia e dos torcedores na busca por bons resultados. Logo na primeira competição, as equipes surpreenderam e faturaram os títulos estaduais. Desta forma, o status foi radicalmente modificado, e na partida deste sábado, às 18h30min, no Engenhão, as equipes iniciam o Campeonato Brasileiro com um novo conceito.

Os campeonatos Carioca e Paulista serviram também para os times ganharem respeito. Os alvinegros passaram a ser apontados como favoritos à briga pelas primeiras colocações na competição nacional.

A situação dos clubes no início do ano era semelhante. As equipes vinham de campanhas ruins no Brasileiro 2009 – Botafogo terminou na 15ª posição, e o Santos em 12º lugar-. Mesmo com os elencos bastante modificados, o rótulo de “azarão” foi concedido aos times para o estadual.

Nesta temporada, as duas equipes têm excelentes aproveitamentos. O Botafogo entrou em campo 25 vezes. O time venceu 18 jogos, empatou três e perdeu apenas quatro. O que resulta em aproveitamento de 76%. Já o Santos jogou 31 jogos, sendo 23 vitórias, dois empates e seis derrotas. Aproveitamento de 76,3%.

O Botafogo inicia o Brasileirão com duas semanas de folga na tabela, graças a principalmente a equipe ter conquistado os dois turnos do estadual, evitando uma final em dois jogos. A eliminação precoce na Copa do Brasil, frente ao Santa Cruz, na segunda fase da competição, também contribuiu para que o time focasse apenas na disputa do nacional.

O comandante do “novo Botafogo”, Joel Santana chega ao Brasileiro fazendo mistério. O treinador fez treinos secretos, evitou entregar a escalação do time, mas espera por uma boa impressão no primeiro jogo da equipe.

BOTAFOGO EM 2010

  • Foram 25 jogos

    18 vitórias, três empates e quatro derrotas

    Aproveitamento é de 76%

“Fizemos toda a preparação como manda o figurino. No entanto, não podemos considerar nosso time o melhor do mundo caso a vitória aconteça. Por outro lado, nosso trabalho não estará todo errado em caso de derrota. Estudamos para fazer a primeira prova. Ainda teremos 38 pela frente. Espero que no final sejamos aprovados com o número de pontos suficientes para cumprir nossos objetivos”, analisou o técnico, fazendo referência as 38 rodadas do nacional.

A formação da equipe deve ser a mesma utilizada na partida final da Taça Rio contra o Flamengo. “O time será mais ou menos esse que vocês (imprensa) conhecem. Pelos treinos pude testar algumas formações que possam mudar nossa maneira de jogar”, disse Joel.

Sem nenhum mistério, Dorival Júnior apresenta mais confiança. O treinador vai poupar cinco titulares (Edu Dracena, Léo, Arouca, Paulo Henrique Ganso e Robinho) visando a primeira partida da semifinal da Copa do Brasil contra o Grêmio, na próxima quarta-feira, no estádio Olímpico.

SANTOS EM 2010

  • Foram 31 jogos

    23 vitórias, dois empates e seis derrotas

    Aproveitamento é de 76,3%

Apesar disso, o técnico mantém a característica ofensiva do time e escala três atacantes, sendo um deles, Neymar, o artilheiro santista na temporada, com 24 gols.

“Precisei fazer uma opção, e nesse momento seria incoerente colocar jogadores que não alcançaram a recuperação plena da partida anterior para jogar”, explicou Dorival.

O treinador tenta evitar a condição de favorito ao título do Brasileiro. E na estreia da competição, Dorival coloca o Botafogo nesse posto

“O Botafogo saiu antes do campeonato local e teve uma comodidade maior para se preparar para essa partida. Já seria uma dificuldade enorme enfrentá-los no Rio. Imagina agora com uma equipe bem modificada e desentrosada”, justificou o comandante santista.

BOTAFOGO X SANTOS

Estádio: Engenhão, Rio de Janeiro (RJ)
Data: 08/05/2010
Hora: 18h30 (de Brasília)
Árbitro: Leonardo Gaciba (RS)
Auxiliares: Paulo Ricardo Conceição (RS) e Marcelo Bertanha (RS)

BOTAFOGO
Jefferson; Fahel, Antônio Carlos e Fábio Ferreira; Alessandro, Leandro Guerreiro, Túlio Souza, Renato Cajá e Somália; Herrera e Loco Abreu.
Técnico: Joel Santana

SANTOS
Felipe; Maranhão, Bruno Aguiar, Durval e Alex Sandro; Roberto Brum, Wesley, Marquinhos e Madson; Neymar e André.
Técnico: Dorival Júnior

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host