UOL Esporte Brasileirão - Série A
 
08/05/2010 - 12h18

Fábio Santos diz estar no mesmo ritmo dos demais companheiros celestes

Do UOL Esporte
Em Belo Horizonte

Nos planos do técnico Adilson Batista para a estreia do Cruzeiro no Brasileirão contra o Internacional, neste domingo, às 16h, no Beira-Rio, o volante Fábio Santos se diz motivado para voltar a vestir a camisa do clube celeste, o que não acontece há mais de três anos. “O professor Adilson pode contar comigo, estou procurando fazer o melhor nos treinos, se ele contar comigo vou fazer o melhor”, disse.

O volante não joga há 10 meses, período em que fez tratamento para se recuperar de contusão no joelho direito, sendo que a parte final foi feita na Toca da Raposa II, antes de assinar contrato com o Cruzeiro até o final deste ano. Apesar do tempo afastado dos gramados, Fábio Santos diz estar no mesmo ritmo dos demais jogadores do Cruzeiro.

“É um grupo muito forte, mas espero, que se precisar de mim dentro de campo, da minha força e raça, espero fazer o melhor”, afirmou Fábio Santos, que, em sua entrevista de apresentação ao Cruzeiro, não escondeu a emoção por estar de volta.

“Domingo vamos ver aquela emoção toda ali (dentro de campo), claro sempre com a razão, respeitando o Internacional, que é uma grande equipe. Mas vamos buscar nosso resultado aqui, respeitando, impondo ritmo muito bom. Todo mundo está preparado para isso”, destacou.

Para Fábio Santos, a boa vitória do Cruzeiro sobre o Nacional do Uruguai, em Montevidéu, por 3 a 0, que garantiu vaga para enfrentar o São Paulo, nas quartas de final da Libertadores, aumenta a confiança. “Facilita e dá mais confiança para todos”, enfatizou.

A última vez que Fábio Santos vestiu a camisa do Cruzeiro foi há pouco mais de três anos, no empate por 1 a 1 com o Santos, no Mineirão, em 19 de novembro de 2006. Em janeiro do ano seguinte, o volante teve os direitos econômicos vendidos ao Lyon da França.

 

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host