UOL Esporte Brasileirão - Série A
 
Almeida Rocha/Folha Imagem

Palmeiras sofre, perde pênalti e gol incrível, mas consegue triunfo na estreia

08/05/2010 - 20h26

Lincoln decide, Palmeiras bate Vitória no sufoco e ameniza crise

Rodrigo Farah
Em São Paulo

Parecia que nada impediria um novo drama no Palestra Itália. Com um jogador a mais, o Palmeiras perdeu pênalti, foi vaiado e dava poucos sinais de reação. Até que Lincoln apareceu para decidir e mudar o rumo da partida neste sábado. Com um gol do meio-campista aos 33min do segundo tempo, a equipe alviverde derrotou o Vitória por 1 a 0 na estreia do Campeonato Brasileiro e amenizou a crise que atravessa na temporada.

O Palmeiras encontrou muitas dificuldades para conseguir seu objetivo nesta noite. Diante de apenas seis mil torcedores e uma forte chuva, o time alviverde ainda viu o atacante Robert desperdiçar um pênalti no segundo tempo logo depois de perder uma chance de gol incrível. Mas a sorte da equipe mudou no fim do duelo graças à boa participação do camisa 99, destaque da equipe.

"É sempre importante começar com vitória. O Brasileirão é disputado por pontos corridos e sabemos que, no final, um ou dois pontos podem fazer a diferença", disse Lincoln.

O resultado vem em boa hora para melhorar o momento conturbado do Palmeiras em 2010. Após a eliminação na Copa do Brasil, o clube luta para se reerguer e apagar os fracassos com a disputa da Série A. Apesar de não encantar a torcida, o time deu o primeiro passo para afastar a má fase.

PRINCIPAIS LANCES

PRINCIPAIS LANCES
20min - Léo aproveita escanteio da direita e cabeceia colocado. A bola passa rente à trave de Viáfara e sai pela linha de fundo
36min - Egídio avança pela esquerda e cruza para a área. Livre de marcação, Júnior cabeceia no alto e vê Marcos fazer boa defesa para evitar o gol
39min - Cleiton Xavier se livra da marcação na entrada da área e arrisca chute perigoso. A bola desvia em Reiniê e passa perto do gol rubro-negro
43min - Lincoln escapa da marcação e bate firme no canto. Bem colocado, Viáfara cai no tempo certo e espalma para escanteio
SEGUNDO TEMPO
11min - Perdeu!!! Éwerthon invade a área e rola no meio para Robert. Sem qualquer marcação o atacante, chuta para fora e desperdiça chance na frente do gol
17min - Defendeu!!! Wallace comete pênalti em Éwerthon e leva o cartão vermelho. Robert vai para a cobrança e chuta forte, mas Viáfara faz linda defesa e salva o Vitória para desespero dos palmeirenses
22min - Júnior arrisca um chute de longe, e Marcos espalma para escanteio
33min - GOOOLLL DO PALMEIRAS!!! Lincoln recebe passe na entrada da área e chuta cruzado de perna esquerda. A bola vai no canto, e o Palmeiras abre o placar

O Vitória, por sua vez, também criou chances para sair com um resultado positivo de São Paulo, mas não teve sucesso. Tetracampeão estadual, o time baiano segue focado na disputa da semifinal da Copa do Brasil contra o Atlético-GO, algoz do clube alviverde.

“Não podemos errar como hoje. Vacilamos e quando isso acontece contra um adversário de alto nível, fica difícil vencer”, lamentou o goleiro Viáfara após a derrota rubro-negra.

Ao contrário do que aconteceu nas últimas partidas, o Palmeiras começou o confronto marcando a saída do adversário. Quando tinha a posse de bola, o time encontrava liberdade para avançar. Mas após os 15 minutos iniciais, o Vitória acertou a marcação sobre os meias alviverdes e dificultou a criação dos anfitriões.

Depois disso, o confronto seguiu muito truncado, com poucas chances de gol para ambos os lados e muitas jogadas pelo meio. O Palmeiras ainda ensaiou uma nova pressão no fim da primeira etapa, mas nada pôde fazer para evitar o empate parcial.

“Estou vendo uma crescente. Estamos em cima o tempo todo e criando as oportunidades. É só ficar atento com eles também”, afirmou o meia Lincoln no intervalo com uma opinião semelhante a de Éwerthon. “Nosso time está bem. Avançamos com qualidade e o gol vai sair agora”, declarou.

Assim como os palmeirenses prometeram, o time alviverde começou a etapa complementar criando boas chances. O problema foi que o atacante Robert deu vexame e perdeu duas oportunidades incríveis para marcar. Na primeira, aos 11min, ele recebeu na cara do gol e mandou para fora. Na segunda, viu Viáfara defender cobrança de pênalti.

ANÁLISE DOS BLOGUEIROS

Juca Kfouri: "Palmeiras sai na frente no Brasileirão". Leia
Avallone: "Robert, um dos piores atacantes do Palmeiras em todos os tempos, conseguiu perder um gol mais do que feito". Leia
Nilson César: "O Verdão jogou só para o gasto, e venceu o Vitória". Leia a análise

O último lance gerou revolta da torcida. Logo em seguida, os fãs começaram a gritar “Burro!” contra o técnico Antônio Carlos e depois seguiram com as vaias contra Robert, que foi substituído por Paulo Henrique.

Quando parecia que nada daria certo para o Palmeiras, Lincoln mostrou oportunismo dentro da área e anotou o gol alviverde aos 33min. Depois disso, a equipe do Palestra Itália só precisou manter o controle da posse de bola para assegurar os três primeiros pontos na Série A.

As duas equipes voltam a campo pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro somente no próximo fim de semana. O Palmeiras encara o Vasco no estádio São Januário, enquanto o Vitória recebe o Flamengo no Barradão. Antes disso, porém, o time baiano tem compromisso contra o Atlético-GO, na quarta-feira, pela semifinal da Copa do Brasil.

PALMEIRAS 1 X 0 VITÓRIA

PALMEIRAS

Marcos; Vítor, Edinho, Léo e Pablo Armero; Pierre (Vinicius), Márcio Araújo, Cleiton Xavier e Lincoln (Marcos Assunção); Éwerthon e Robert (Paulo Henrique)
Técnico: Antonio Carlos Zago

VITÓRIA
Viáfara; Rafael Granja, Wallace, Reniê e Egídio; Neto Coruja, Bida, Uelliton e Renato (Neto Berola); Elkeson (Vanderson) e Júnior
Técnico: Ricardo Silva

Data: 08/05/2010 (sábado)
Local: estádio Parque Antarctica, em São Paulo (SP)
Árbitro: Péricles Bassols Pegado Cortez (Fifa-RJ)
Auxiliares: Ediney Guerreiro Mascarelhas (RJ) e Marco Aurélio S Pessanha (RJ)
Público: 6.025 torcedores
Renda: R$ 186.547,00
Cartões amarelos: Deola, Edinho (PAL); Reniê (VIT)
Cartão vermelho: Wallace (VIT)
Gol: Lincoln, aos 33min do segundo tempo

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host