UOL Esporte Brasileirão - Série A
 
15/05/2010 - 10h12

Após passagem rápida, Caio assegura não ser especial enfrentar o São Paulo

Pedro Ponzoni
No Rio de Janeiro

Caio terá a oportunidade de jogar pela primeira vez no Morumbi, domingo, às 16h, quando o Botafogo irá enfrentar o São Paulo, pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro. O detalhe é que o jogador chegou a passar pelo Tricolor paulista, mas não conseguiu se firmar e acabou retornando para o Volta Redonda.

Mesmo assim, o atacante não guarda mágoas e prefere projetar somente seu futuro, sem olhar para o que passou. Em 2008, quando pertencia a categoria júnior, ficou apenas quatro meses no clube paulista. Ele assegura que não entrará em campo com sentimento de vingança.

“Não entrarei em campo com sentimento de vingança. Infelizmente nada deu certo por lá, mas não tenho nenhuma motivação especial por isso. Tenho alguns amigos por lá, mas quero revê-los e dar uma vitória ao Botafogo”, avaliou o jovem, emendando.

“Será a primeira vez que jogarei lá. Eu só pisei naquele gramado quando estava nos juniores do São Paulo. Sempre me deu vontade de atuar e domingo será minha chance. Os jogadores dizem que o gramado é grande. Isso é bom porque terei mais espaço para correr”, acrescentou.

No jogo deste domingo, Caio irá atuar na vaga deixada por Loco Abreu. O uruguaio foi liberado para viajar ao seu país e se apresentar à seleção celeste. Joel Santana preferiu tirá-lo do jogo temendo que ele se machucasse perto de disputar uma Copa do Mundo.

BOTAFOGO NO TWITTER

O treinador tem apenas uma dúvida para o jogo de domingo. Ele ainda não definiu se escala Sandro Silva ou Edno no meio-campo. De certo, somente a barração de Renato Cajá e entrada de Lucio Flavio.

Desta maneira, o time será escalado com a seguinte formação: Jefferson; Fahel, Antônio Carlos e Fábio Ferreira; Alessandro, Leandro Guerreiro, Sandro Silva (Edno), Lucio Flavio e Somália; Caio e Herrera.

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host