UOL Esporte Brasileirão - Série A
 
19/05/2010 - 15h12

Leão admite que dificuldade encontrada no Goiás é maior que a esperada

Do UOL Esporte
Em São Paulo
  • Leão mostra preocupação com o elenco do Goiás e ainda espera por um meia canhoto e por um ala

    Leão mostra preocupação com o elenco do Goiás e ainda espera por um meia canhoto e por um ala

As reclamações do técnico Emerson Leão em decorrência da fragilidade do elenco do Goiás são constantes em suas entrevistas coletivas. Insatisfeito com o péssimo início da equipe no Campeonato Brasileiro, o treinador voltou a cobrar reforços e disse que a dificuldade que ele está encontrando é maior do que ele esperava.

“Chance zero de eu voltar com a minha palavra e é total a vontade de recuperação. Eu sabia, não era novidade o que eu iria encontrar aqui. Só que a dificuldade é maior do que esperava. Então eu preciso trabalhar mais e mostrar decisão, independente de quem possa não gostar, quem tem que gostar são os resultados”, desabafou o treinador.

Ciente de que a torcida do Goiás e a diretoria do Goiás são bastante exigentes com resultados, o treinador pediu paciência para todos neste momento que a equipe ocupa a lanterna do Brasileiro e é a única que não somou pontos na competição. Leão disse que não está parado e que os reforços pedidos estão chegando.

“O mais importante é que o torcedor pode saber que não estamos aqui olhando para o céu, estamos procurando um céu melhor. Temos para estrear o Hugo, os dois que vieram do Cruzeiro e do Atlético-MG. Estamos esperando o Kleber (Pereira), sim e está bem adiantado. Esperamos mais um reforço que nos deve o São Paulo e ainda estou interessado em um meia canhoto e também em um ala”, declarou Leão

O GOIÁS NO TWITTER

Outro assunto que está incomodando bastante o treinador é o imbróglio envolvendo o meia Carlinhos Paraíba, envolvido na negociação com Fernandão. O jogador foi devolvido pelo Goiás para o São Paulo, alegando que ele tem uma lesão crônica no tornozelo. Porém, o clube paulista alega que ele não está machucado e pode entrar em campo no próximo jogo. Por conta disso, Leão quer que a situação se resolva o mais rápido possível.

“Eu acho que a situação já está na hora de resolver, a solução tem que estar próxima, porque nós já demos o nosso atleta, ele já jogou, está bem e não recebemos aquilo que foi combinado, cumpra-se com a promessa o mais rápido possível”, esbravejou Leão.

O elenco do Goiás participou de uma movimentação na manhã desta quarta-feira e após os treinamentos os jogadores foram dispensados e só retornam às atividades na quinta, onde o técnico Emerson Leão deve comandar um coletivo que vai definir o time que entra em campo no próximo sábado, às 16h (de Brasília), no estádio do Engenhão, contra o Botafogo.

 

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host