UOL Esporte Brasileirão - Série A
 
24/05/2010 - 07h04

Corinthians já prepara queda e vê campanha perfeita até a Copa como 'utopia'

Rodrigo Farah
Em São Paulo

O Corinthians teve um começo de Campeonato Brasileiro bastante animador. Três jogos, três vitórias e a liderança isolada da tabela. Mas a campanha ainda é tratada com grande cautela dentro do clube. Mesmo com o embalo, os jogadores e a comissão técnica já se preparam para a primeira derrota da equipe e classificam a manutenção dos 100% de aproveitamento até a Copa do Mundo como uma “utopia”.

“Não é impossível, mas é uma utopia. Estamos jogando com adversários de qualidade e não existe uma probabilidade maior para que isso se estenda por muito tempo. Temos um jogo difícil no meio da semana contra o Grêmio Prudente, depois temos o clássico contra o Santos, não é fácil”, ressaltou Mano Menezes.

A fala do treinador foi bem semelhante ao do elenco alvinegro. O zagueiro William, por exemplo, também assinalou como uma utopia achar que o Corinthians pode vencer os sete jogos disputados no Brasileiro antes do Mundial. O volante Elias, por sua vez, foi além e disse que um feito do tipo seria algo impossível de ser atingido.

Entre os outros jogadores, o discurso foi bem parecido. "Não dá para pensar nisso, até porque falta muito. Temos que pensar jogo a jogo e ver o que vai acontecer, mas algo assim é claro que é difícil de acontecer", ponderou Roberto Carlos.

CORINTHIANS NO TWITTER

A trinca de vitórias já foi suficiente para o Corinthians cravar seu melhor início de Brasileiro na história dos pontos corridos. Até o início da Copa, o Nacional terá mais quatro rodadas – o Corinthians enfrentará na sequência Grêmio Prudente, Santos, Internacional e Botafogo.

Para o treinador corintiano, o início dos jogos do Campeonato Brasileiro no meio da semana e o fato de não se ter a semana inteira para trabalhar irão prejudicar esta busca pelos 100%. Por esse motivo, Mano Menezes disse que já se prepara para uma eventual derrota alvinegra.

“Não teremos mais a preparação de uma semana. Mas aos poucos a equipe vai se soltar. Só assim vamos poder aliar esses 100% com um futebol mais convincente. Só não podemos esperar que será assim para sempre. Teremos adversários muito complicados pela frente e uma hora vamos perder”, completou Mano.

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host