UOL Esporte Brasileirão - Série A
 
24/05/2010 - 11h23

Cruzeirenses voltam a destacar "bronca" de Adilson em nova reação

Do UOL Esporte
Em Belo Horizonte

Pela segunda partida seguida no Campeonato Brasileiro, uma “bronca” do técnico Adilson Batista, no intervalo, foi destacada por jogadores do Cruzeiro. Depois de levar 2 a 0 no primeiro tempo, o time mineiro reagiu na etapa final e empatou com o Guarani, por 2 a 2, nesse domingo, em Campinas, em jogo da terceira rodada da competição nacional.

“Quando a equipe não está bem, ele mostra o que está errado para consertar. A conversa dele ajudou a gente arrumar algumas coisas e ter conseguido o empate nesses dois jogos, foi importante”, admitiu o lateral Diego Renan.

O zagueiro Gil reconheceu que a “bronca” do treinador no vestiário do Brinco de Ouro da Princesa, foi determinante para a mudança de postura da equipe no segundo tempo.

“O pessoal chamou nossa atenção no vestiário, para que a gente pudesse entrar mais ligado, todo mundo se cobrando ali para no segundo tempo acontecer esse placar”, observou Gil, que marcou o primeiro gol do Cruzeiro.

“Graças a Deus eu estava bem posicionado, a bola sobrou para mim e eu consegui concluir em gol. O Guerrón depois empatou e a gente teve até chance de fazer o terceiro”, disse Gil.

O CRUZEIRO NO TWITTER


Na partida contra o Avaí, pela segunda rodada do Brasileirão, no Mineirão, o time cruzeirense também saiu perdendo por 2 a 0 no primeiro tempo da partida e conseguiu o empate no segundo tempo, quando apresentou uma mudança de postura.

Agora, Diego Renan espera que o time entre mais ligado desde o início no confronto de quarta-feira, às 21h50, contra o Botafogo, no Mineirão, pela quarta rodada da competição.

“Temos de começar agora no primeiro tempo já correndo, buscando a vitória, fazer o resultado e não deixar para o segundo tempo como temos feito. Então temos de entrar já com mais determinação e atenção, correr desde o início”, ressaltou o lateral.

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host