UOL Esporte Brasileirão - Série A
 
25/05/2010 - 18h35

Danilo 'desmente' Ewerthon e pede pés no chão ao Palmeiras no clássico

Renan Prates
Em São Paulo

O zagueiro Danilo caminhou na contramão do atacante Ewerthon ao adotar um discurso cauteloso sobre as chances de o Palmeiras vencer o clássico contra o São Paulo nesta quarta-feira, às 20h30, no Morumbi.

‘Calejado’ com as constantes mudanças internas e externas no ambiente do Palmeiras que acabam interferindo no desempenho do time no campo, o zagueiro visualiza o G4 como meta viável para a primeira fase do Campeonato Brasileiro.

“No Palmeiras tudo muda muito rápido...vencemos grandes adversários, mas na hora da decisão não conseguimos jogar bem por diversos fatores. A ideia é tentar ficar entre os quatro primeiros até a parada da Copa do Mundo”, argumentou Danilo, que pediu raça aos jogadores no clássico pelas dificuldades de se enfrentar o São Paulo no Morumbi.

“Dentro do Morumbi o São Paulo é muito difícil de ser batido, temos que ter consciência disso. A gente sabe que o São Paulo é experiente e vai estar só sem dois, enquanto o Palmeiras vem mudando de situação e mudando de jogadores, por isso o discurso de pés no chão. Por isso, vamos tentar vencer na base da superação”.

Só que na segunda-feira o atacante Ewerthon foi bem mais otimista ao falar sobre as chances de vitória do Palmeiras contra o rival São Paulo fora de seus domínios.

“Temos que acreditar na nossa força. Estamos fazendo um trabalho sério e sabemos da força do nosso grupo. Tenho certeza que vamos fazer um grande jogo na quarta. Respeitamos o São Paulo, mas vamos sair de lá com um resultado positivo”, apostou.

‘Em cima do muro’, o técnico Jorge Parraga foi muito evasivo ao abordar sobre as suas expectativas para o clássico desta quarta-feira no Morumbi. “Sabemos que pode acontecer qualquer resultado no clássico contra o São Paulo: empate, vitória ou derrota”.

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host