UOL Esporte Brasileirão - Série A
 
25/05/2010 - 10h02

Em mau momento, defesa gremista sente falta de "renegado" Ferdinando

Marinho Saldanha
Em Porto Alegre
  • Ferdinando já treina no Olímpico e pode ficar no banco de reservas contra o Avaí, nesta quarta-feira

    Ferdinando já treina no Olímpico e pode ficar no banco de reservas contra o Avaí, nesta quarta-feira

O volante Ferdinando está longe de ser uma unanimidade no Grêmio. A direção só contratou o jogador por ele ter a confiança de Silas. Em vários jogos, o camisa 5 chegou a ser vaiado, ganhando crédito com o torcedor unicamente após marcar o gol que garantiu o título do primeiro turno do Estadual. Contudo, o problema de lesão e sua saída do time coincidiram com o mau momento defensivo gremista. A falta de um primeiro volante de origem pode estar atrapalhando o time de Silas, que sofreu 12 gols nos últimos 4 jogos.

Ferdinando se machucou no primeiro Gre-Nal decisivo do Gauchão, vencido pelo Grêmio por 2 a 0, no Beira Rio. Desde então, o Grêmio obteve 3 vitórias, 1 empate e 4 derrotas. Mesmo conquistando o título gaúcho sem a participação dele no último jogo, houve a queda na Copa do Brasil e o incômodo início de Brasileiro.

O dado mais negativo desde a saída do jogador é o número de gols sofridos. Em 8 jogos foram 17 gols contra, com o time tricolor passando em branco neste quesito somente duas vezes ( contra o Atlético-GO e Fluminense, em casa). Isto totaliza uma média superior a 2 gols sofridos por partida.

Sequência sem Ferdinando

Grêmio 3 x 2 Fluminense
Grêmio 0 x 1 Inter
Grêmio 2 x 0 Fluminense
Grêmio 0 x 0 Atlético-GO
Grêmio 4 x 3 Santos
Grêmio 1 x 2 Corinthians
Grêmio 1 x 3 Santos
Grêmio 2 x 4 Palmeiras

A dupla de volantes mais utilizada desde a saída de Ferdinando é a predileta da direção do Grêmio: Adílson e Willian Magrão. Entrosados da categoria de base, os 2 juntos tem boa possibilidade ofensiva. Porém, pesa contra Magrão e Adílson a inexistência de um primeiro volante de origem. Não é raro perceber ambos juntos no ataque, desprotegendo a retaguarda do time, fato que não ocorria com a presença de Ferdinando.

Como Willian Magrão se lesionou e sequer participou do último compromisso pleo Brasileirão, Fábio Rochamback voltou a ser utilizado, e deve ser mantido no time para o confronto desta quarta-feira, às 19h30, com o Avaí, no Olímpico.

O GRÊMIO NO TWITTER

"A partir do momento em que você perde a confiança, as coisas ficam difíceis. A gente vem de duas derrotas e vamos ter que superar dentro de casa. Se não conseguirmos, a confiança vai lá em baixo", disse Adílson.

Recuperado, Ferdinando já treina junto com o restante do grupo e deve ficar no banco de reservas, reavendo seu lugar no time titular paulatinamente. Os jogadores do Grêmio treinam nesta tarde, visando o jogo de quarta-feira. Em busca da primeira vitória no certame nacional, Silas não poderá contar com Douglas, suspenso pela expulsão contra o Palmeiras. Maylson deve entrar em seu lugar. No ataque, Borges ainda não retorna, portanto, Leandro pode ser mantido. O time tricolor ocupa a décima oitava colocação no Campeonato Brasileiro, à frente somente de Vasco e Goiás.
 

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host