UOL Esporte Brasileirão - Série A
 
25/05/2010 - 07h02

Santos traça meta antes de pausa para Copa e planeja estar de 5º a 8º lugar no BR

João Henrique Marques
Em Santos (SP)
  • O planejamento de Dorival foi atrapalhado com o empate diante do Ceará, por 1 a 1, na Vila. A meta principal era não desperdiçar pontos dentro de casa

    O planejamento de Dorival foi atrapalhado com o empate diante do Ceará, por 1 a 1, na Vila. A meta principal era não desperdiçar pontos dentro de casa

O Santos tem um planejamento humilde para as quatro rodadas restantes do Campeonato Brasileiro antes da pausa para a Copa do Mundo. Dorival Júnior passou aos jogadores a intenção de estar, no mínimo, de 5º a 8º lugar na competição. Assim, o treinador acredita que o líder não estará à frente por uma grande diferença de pontos.

Na atual classificação, após três rodadas, o alvinegro se encontra na 9º colocação, com cinco pontos, quatro atrás do primeiro colocado, Corinthians, única equipe 100% da competição até o momento.

A vitória contra o Guarani, na próxima quarta-feira, às 21h50min, na Vila Belmiro, é considerada fundamental para o clube atingir a meta traçada. O jogo antecede o duelo contra o líder Corinthians, que será disputado, domingo, no Pacaembu.

O planejamento inicial de Dorival foi atrapalhado com o empate diante do Ceará, por 1 a 1, na Vila Belmiro. A meta principal era não desperdiçar os pontos dentro de casa. Antes da Copa, além de Guarani e Corinthians, o alvinegro encara o Cruzeiro (dia 2 de junho, no Mineirão) e Vasco (dia 6 de junho, na Vila Belmiro.

O SANTOS NO TWITTER

“Vamos jogar para encostar no líder cada vez mais. Temos essa meta de ficar de 5º a 8º, e acho que essa semana pode nos deixar muito próximos disso”, destacou Marquinhos.

Por conta do objetivo, Dorival abriu mão de dar um descanso para diversos titulares nas rodadas que antecederam os jogos das semifinais da Copa do Brasil, diante do Grêmio. Na partida contra o Atlético-GO, no último sábado, o técnico só não utilizou Ganso e Neymar devido a punição imposta por indisciplina.

O temor do treinador é ver o Santos na parte debaixo da tabela no momento em que for reiniciada a competição. Isso porque mais quatro rodadas serão realizadas antes do primeiro jogo decisivo da Copa do Brasil diante do Vitória, e diversos jogadores devem ser poupadas no Brasileirão.

Durante a pausa para a Copa do Mundo, Dorival prometeu dar duas semanas de folga para o elenco. A diretoria ainda tenta marcar amistosos internacional durante o período de recesso. Os jogadores, no entanto, preferem a realização de treinos no CT Rei Pelé.

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host