UOL Esporte Brasileirão - Série A
 
Heuler Andrey/AE/AE

Wagner Diniz comemora após marcar o 2º gol do Atlético-PR contra o Atlético-GO

27/05/2010 - 22h53

Sob vaias, Atlético-PR bate xará goiano e encerra jejum de 7 jogos

Do UOL Esporte
Em Curitiba

Depois de um bom primeiro tempo, o Atlético-PR quase se complicou na segunda etapa, mas acabou vencendo o xará Atlético-GO por 2 a 1, nesta quinta-feira, pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro. O time paranaense abriu 2 a 0 com facilidade, mas permitiu a reação dos goianos, quando estes se encontravam com dez homens.

Apesar do sufoco, foi a primeira vitória do rubro-negro paranaense no campeonato. Com isso, chegou aos 4 pontos e deixou a zona de rebaixamento, terminando a rodada na 15ª colocação.O jogo deve ser o último do técnico Leandro Niehues. É esperado para este fim de semana que o clube apresente um novo treinador.

"Importantíssimo o resultado. Não conseguimos fazer uma bela apresentação, mas obtivemos a vitória que é muito importante", disse Alex Mineiro, comemorando o fim de um jejum de vitórias de sete jogos.

CONFIRA OS PRINCIPAIS LANCES DO JOGO

PRIMEIRO TEMPO
19min - GOOOL DO ATLÉTICO-PR!!! Paulo Baier cobra falta fechada na área, mas ninguém desvia. O goleiro Edson sai mal e a bola vai para o gol
29min - Ramalho cruza da direita e Keninha sobe muito para tocar de cabeça. A bola vai no canto esquerdo de Neto, que se estica todo e manda para escanteio
33min - GOOOL DO ATLÉTICO-PR!!! Wagner Diniz faz boa jogada individual pela direita, se livra de três marcadores, invade a área e finaliza forte, no ângulo de Edson
36min - Wagner Diniz cruza da direita e Bruno Mineiro toca de cabeça. Edson, no reflexo, faz bela defesa
SEGUNDO TEMPO
3min - Chiquinho cruza da esquerda e Juninho desvia de cabeça. A bola bate na junção das traves e sai pela linha de fundo
27 min - GOOL DO ATLÉTICO-GO!!! Elias é derrubado na área por Wagner Diniz, que é expulso. O próprio Elias cobra cobra o pênalti e diminui
41min - Na trave!!! Após escanteio cobrado da direita, Welton Felipe toca de cabeça. A bola bate na trave direita e depois Neto segura

A derrota ampliou a crise do Atlético-GO, que ainda não venceu no campeonato. Sofreu sua terceira derrota e despencou para 19ª colocação, dentro da zona de rebaixamento, com 1 ponto ganho.

O jogo

A partida começou truncada, com lances ríspidos de ambos os lados, obrigando o árbitro a mostrar quatro cartões amarelos em pouco mais de 20 minutos.

O Atlético-PR abriu o placar em uma jogada de bola parada, aos 19 minutos. Paulo Baier cobrou uma falta, fechada na área. A bola passou por todo mundo e entrou direto, em uma falha do goleiro Édson.

Após o gol, o time paranaense se retraiu e passou a ser pressionado. Os goianos quase empataram aos 29 minutos, quando Keninha aproveitou um cruzamento e cabeceou no canto esquerdo. Neto, em bela defesa, mandou para escanteio.

Em uma jogada pessoal de Wagner Diniz, o rubro-negro paranaense ampliou, aos 33 minutos. O lateral  avançou pela direita, livrou-se de três marcadores e fez um golaço, batendo forte, no ângulo esquerdo.

 O Atlético-GO assustou logo no início do segundo tempo. Aos 3 minutos, Chiquinho cruzou na área e Juninho cabeceou com perigo. A bola bateu na junção da trave e saiu.

A reação do time goiano ficou prejudicada, após os 13 minutos, quando Keninha foi expulso. Ele cometeu falta dura em Branquinho e recebeu o segundo amarelo no jogo.

Mesmo assim, o time persistiu e diminuiu o placar, num pênalti cometido em Elias por Wagner Diniz, que acabou expulso de campo. O próprio Elias cobrou e fez o gol dos goianos, aos 27 minutos.

BLOG DO JUCA KFOURI

Na Arena da Baixada (10.071 pagantes que vaiaram à vontade), o Atlético Paranaense ganhou do Goianiense Leia mais

A vitória, que parecia fácil, se tornou dramática para os paranaenses. Aos 41 minutos, por pouco, o Atlético-GO não empatou o jogo. Após a cobrança de um escanteio, Welton Felipe tocou de cabeça na trave direita.

A passividade do time da casa, nos minutos finais, irritou a torcida que passou a vaiar os jogadores e o técnico Leandro Niehues, que não deverá permanecer no cargo.

ATLÉTICO-PR 2 X 1 ATLÉTICO-GO

Atlético-PR
Neto; Manoel, Rhodolfo e Chico; Wagner Diniz, Valencia, Branquinho (Lisa), Paulo Baier (Netinho) e Márcio Azevedo; Alex Mineiro e Bruno Mineiro (Tartá).
Técnico: Leandro Niehues

Atlético-GO
Edson; Márcio Gabriel, Welton Felipe, Jairo e Chiquinho; Ramalho (BoKa), Pituca, Robston e Keninha; Marcão (Elias) e Juninho.
Técnico: Geninho

Data: 27/05/2010 (quinta-feira)
Local
: Arena da Baixada, em Curitiba-PR
Árbitro: Cláudio Mercante (PE)
Auxiliares: Erich Bandeira (Fifa-PE) e Ubirajara Ferraz Jota (PE).
Público: 10.051 pagantes
Renda:
R$ 110.235
Cartões amarelos: Welton Felipe, Chiquinho, Ramalho, Keninha, Elias, Márcio Gabriel (Atlético-GO); Valencia, Márcio Azevedo, Wagner Diniz (Atlético-PR)
Cartão vermelho: Keninha, Wagner Diniz.

Gols: Paulo Baier, aos 19 min, Wagner Diniz, aos 33 min do primeiro tempo; Elias, aos 27 min do segundo tempo
 

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host