UOL Esporte Brasileirão - Série A
 
28/05/2010 - 15h25

Com retorno assegurado, Herrera afirma que sua briga foi superdimensionada

Pedro Ponzoni
No Rio de Janeiro

Herrera tem seu retorno assegurado no clássico deste domingo, às 18h30, entre Botafogo e Vasco, no Engenhão, pela quinta rodada do Campeonato Brasileiro. Na derrota diante do Cruzeiro por 1 a 0, o argentino e Caio precisaram cumprir suspensão porque foram expulsos na vitória sobre o Goiás, domingo passado, após trocarem empurrões.

Passada quase uma semana do ocorrido, o atacante acredita que o fato foi superdimensionado. Ele entende que ocorreu apenas uma discussão de jogo e as repercussões foram de certa forma exageradas.

“Não foi nada demais. Eu revi o lance pela TV. Apenas discuti com o Caio e trocamos um empurrãozinho. Lamentei porque não pudemos ajudar a equipe contra o Cruzeiro. Foi um ato que eu lamento e espero que não ocorra novamente”, afirmou Herrera, ressaltando que sua relação com Caio continua boa.

“Minha relação com o Caio sempre foi boa. Foi apenas um lance de jogo que poderia acontecer com qualquer pessoa”, disse.

BOTAFOGO NO TWITTER

Joel Santana confirmou que após a briga, os dois jogadores retornam normalmente ao time. O técnico comemorou que seu grupo estará completo diante do Vasco. Antônio Carlos sentiu uma dor no joelho direito e chegou a ser poupado do treino desta sexta, mas não deve ser problema. Sua única dúvida é a escalação de Túlio Souza ou Sandro Silva como segundo volante.

“O Antônio Carlos não tem nada demais. Foi apenas uma dorzinha porque não temos nem 48 horas do jogo contra o Cruzeiro. Preferi poupá-lo e não aumentar a carga de exercícios. O Lucio Flavio e Marcelo Cordeiro melhoram das dores. Somado a isso, os dois jogadores que fizeram malcriação estão de volta. O grupo está pronto para fazer uma grande partida contra o Vasco”, disse.

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host