UOL Esporte Brasileirão - Série A
 
28/05/2010 - 12h58

Fred admite estar atuando no sacrifício, mas assegura presença contra o Galo

Marlos Bittencourt
No Rio de Janeiro

Fred não se cansa de declarar amor ao Fluminense, clube que aprendeu a gostar desde que chegou no início de 2009. O atacante teve algumas contusões, mas o maior problema dele até o momento foi a cirurgia no apêndice, que o tirou dos dois primeiros jogos do Campeonato Brasileiro. Ainda em recuperação, ele disse ter atuado no sacrifício contra o Corinthians e Flamengo. E vai para o terceiro jogo, contra o Atlético-MG, mesmo sem estar 100%.

“Sei das dificuldades que tenho enfrentado por causa do pós-operatório. Só eu sei o que está acontecendo comigo. Mas estarei bem depois da Copa do Mundo. Enquanto isso, vou ajudando os meus companheiros do jeito que der”, afirmou Fred, que ainda não fez gol neste Campeonato Brasileiro.

Apesar de admitir estar com alguma dificuldade, o atacante reafirma que neste momento todos os jogadores têm de dar a cota de sacrifício para ajudar o Fluminense a conquistar pontos. Fred sabe que ainda precisa voltar à boa forma para balançar a rede adversária, mas diz estar buscando o melhor.

“É hora de todos ajudarem de alguma forma. É lógico que quero jogar. Não tão bem ou como espero. Mas quero fazer gols, estou buscando a cada dia porque estão todos com esse pensamento”, disse o capitão tricolor.

O FLUMINENSE NO TWITTER

Quando Fred não treina com o grupo, segundo ele, não significa que esteja sem realizar atividades para estar bem para os jogos. Ele lembrou que tem feito o máximo possível para estar em forma e que conta com a colaboração de todos os companheiros, inclusive os que chegaram agora.

“Às vezes a gente deixa de fazer um treino no campo, mas sempre estamos trabalhando, fazendo fisioterapia, musculação. André Luis chegou agora e já dá força. Para Gum, com hérnia de disco, a gente incentiva, diz que dá para jogar. Um ajuda o outro”, encerrou Fred.

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host