UOL Esporte Brasileirão - Série A
 
28/05/2010 - 14h12

Jovens jogadores do Grêmio reclamam falta de oportunidade, Silas discorda

Marinho Saldanha
Em Porto Alegre

Ninguém pode reclamar falta de chances

  • Silas, técnico do Grêmio discorda do pleito dos mais jovens, que se dizem preteridos em função dos mais experientes no time titular gremista

Nesta sexta-feira, Bruno Collaço se uniu a Maylson no pleito dos jogadores jovens do Grêmio. Provavelmente titular contra o Flamengo, o lateral-esquerdo concorda que atletas vindos da categoria de base precisam mostrar mais do que jogadores consagrados para garantirem lugar no time. Entretanto, Silas discorda da reclamação dos garotos. Em entrevista coletiva, o treinador afirmou que ninguém pode reclamar, pois todos estão atuando regularmente em seu time.

Na última semana, Maylson abriu a discussão sobre este tema ao afirmar que foi preterido em função de jogadores mais 'badalados'. "Não só eu, mas todo o garoto que vem da base tem mais dificuldade porque os outros tem mais nome. Não só no Grêmio, mas em outros times também é assim. Quem vem da base sempre sente um pouco", referiu o meia.

Bruno Collaço deu apoio ao colega e se disse na mesma situação. "O Maylson está certo, quem vem da base tem dificuldade para ter oportunidade, talvez pelo fato da experiência. Eu não entendo bem", disse o jogador.

Porém, a política de futebol gremista é contrária ao pensamento dos jovens. Com objetivo na formação de jogadores, o Grêmio abastece o grupo principal com atletas da base desde o início da temporada. No último jogo (vitória contra o Avaí), por exemplo, o banco de reservas tinha 4 jogadores vindos das divisões inferiores.

14 jogadores do elenco principal vieram da base

Marcelo Grohe, Matheus, Busatto, Saimon, Neuton, Mário Fernandes, Bruno Collaço, Adílson, Willian Magrão, Fernando, Maylson, Mithyuê, Roberson e Bergson

No grupo principal, todos já tiveram ao menos um jogo para mostrar serviço, menos os goleiros e Saimon, que não jogou por lesão. Alguns até seguiram no time, casos de Neuton e do próprio Maylson. Atualmente 14 dos 33 jogadores (42%) do time de cima no Grêmio são oriundos da base. Destes, 3 são titulares.

Silas não gostou nada de saber das reclamações de seus comandados. "Depende muito do treinador e da proposta. Nossa proposta este ano era trabalhar com eles. Nenhum deles vai poder reclamar de oportunidade, todos tiveram sua chance. Inclusive o Roberson que não teve no primeiro semestre, agora está tendo. O Fernando entrou no time para compor grupo e está conosco até hoje. Comigo quem reder irá jogar, até mesmo porque esta 'molecada' é o patrimônio do clube", esclareceu o treinador.

O mais novo jovem a fazer parte do grupo principal, mesmo que momentaneamente, é Dener, que foi chamado da Taça BH de juniores devido ao inchaço no tornozelo de Joílson. Em outro momento, Pessali foi utilizado e Gerson também já compôs o elenco principal.

O GRÊMIO NO TWITTER

Não são poucos os exemplos de jogadores formados no Grêmio que rendem muito aos cofres do clube. Porém, nem todos chegam a ter sequência no time. O último a ser vendido foi Douglas Costa, que deixou o Olímpico sem nunca se firmar entre os titulares.

Grêmio e Flamengo se enfrentam neste sábado, às 18h30, no Maracanã. Com 4 pontos, o time tricolor é décimo terceiro colocado, com 5, o Flamengo é décimo primeiro. Silas confirmou a utilização de Hugo na vaga de Douglas que deixa o time por lesão. Os demais serão os mesmos que venceram o Avaí na última rodada. Ainda persiste a dúvida na lateral-esquerda entre Joílson e Bruno Collaço. 
 

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host