UOL Esporte Brasileirão - Série A
 
29/05/2010 - 07h10

Grêmio promete atacar para superar Flamengo "mordido" por saída de Adriano

Marinho Saldanha
Em Porto Alegre

Semana turbulenta no Flamengo e primeira vitória no Campeonato Brasileiro gremista

  • Márcia Feitosa/VIPCOMM

    Petckovic renovou contrato na mesma movimentada semana que Adriano Imperador deu adeus ao Fla

  • Edu Andrade/Freelancer

    Enquanto isso o Grêmio de Rochemback (e) e Jonas(d) conquistou a primeira vitória no certame

Às 18h30 deste sábado, Grêmio e Flamengo se enfrentam no Maracanã pela quinta rodada do Campeonato Brasileiro. Os time chegam em momentos completamente opostos no duelo. Enquanto o Flamengo vem de uma derrota no clássico contra o Fluminense, o Grêmio espera repetir o bom futebol apresentado contra o Avaí, na vitória por 3 a 0. Cauteloso, o time tricolor espera o Flamengo empenhado após perder Adriano. Com a renovação de Petckovic, o momento do time carioca é comparado ao do Palmeiras, quando enfrentou o Grêmio.

"Vamos enfrentar o Flamengo em uma situação parecida com o Palmeiras, com um pouco de turbulência. Um jogo como esse é tudo que eles querem para melhorar. Temos que jogar como estamos jogando, eles têm muita qualidade pelas 'beiradas' com o Juan e o Léo Moura. Mas, estamos levando uma equipe muito competitiva para o Maracanã", disse Silas em entrevista coletiva.

A semana foi muito movimentada no adversário gremista. O fim da novela Adriano e a renovação do ex-renegado Petckovic marcaram o período na Gávea. Alheio a tudo isso, o Grêmio alerta para as qualidades do time dentro de campo, sem esperar reflexos imediatos dos negócios na partida.

"O que o Silas mais frisou foi ter atenção na virada de jogo porque os 2 alas deles jogam adiantados", avisou Bruno Collaço, que deve jogar na lateral-esquerda, já que Joílson sente dores no tornozelo.

A postura pedida pelo técnico Silas é semelhante ao único jogo do Grêmio no Maracanã em 2010. O confronto com o Fluminense na Copa do Brasil é lembrado como meta em atitude e rendimento. Entretanto, no Campeonato Brasileiro o aproveitamento como visitante não tem sido o melhor. Em duas partidas, o Grêmio empatou uma ( 0 a 0 com o Atlético-GO na estreia) e perdeu outra ( 4 a 2 para o Palmeiras).

"Tudo que aconteceu nos primeiros jogos fora de casa foi decorrência de priorizar a Copa do Brasil, o que não vai acontecer mais. A vitória fora de casa mais complicada foi contra o Fluminense, pela estreia do Muricy. Temos que tirar o medo mundial de jogar fora de casa, é assim em todo o lugar. Estamos tirando bastante isso. A nova geração já está entrando com essa nova ideia. Se quiser campeão tem que ser assim, o empate passa a ser decorrência de uma não vitória", lembrou Silas.

Sem poder contar com Douglas, que ficou em Porto Alegre por lesão, Hugo será escalado ao lado de Maylson na armação de jogadas. Apesar das mudanças necessárias, a primeira vitória no campeonato motivou o grupo de atletas. "O momento de vencer é sempre. Depois dessa primeira vitória já embalamos e estamos motivados", ressaltou Collaço.

O duelo entre gaúchos e cariocas marca a reedição do jogo do título flamenguista de 2009. Na ocasião, o time rubro negro disputava com o Internacional, arquirrival gremista, a conquista. Caso o Flamengo não vencesse e o Inter passasse pelo Santo André, no Beira Rio, o time colorado ficaria com a Taça. Na ocasião, o Grêmio saiu na frente, enquanto isso o Inter goleava seu oponente. Porém, para alegria de flamenguistas, e até de gremistas que não queriam ver o Inter campeão, o Fla virou o jogo e se levou o título.

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host