UOL Esporte Brasileirão - Série A
 
29/05/2010 - 07h02

Jovens do Palmeiras unem forças para aliviar pressão e manter titularidade

Rodrigo Farah
Em Barueri (SP)
  • Com a ida de Armero para seleção colombiana, Gabriel Silva assumiu a lateral palmeirense

    Com a ida de Armero para seleção colombiana, Gabriel Silva assumiu a lateral palmeirense

A falta de jogadores no elenco aliada à má fase do clube forçou o Palmeiras a promover dois atletas da base para a equipe titular. Vinicius e Gabriel Silva ganharam uma chance no time principal em um momento bastante conturbado. Apesar disso, os jovens minimizam a pressão e afirmam trabalhar juntos para aproveitar a oportunidade.

“A pressão é igual para todos os jogadores e nós dois tentamos ver o lado bom disso tudo. O fato de o Palmeiras viver um momento ruim não muda nada. Se a equipe começar a vencer tudo isso vai mudar e estamos prontos para isso”, ressaltou Vinicius, titular com 16 anos.

Colegas de quarto nas concentrações, os dois jogadores nunca atuaram juntos na base do Palmeiras. O primeiro estava na equipe B e o segundo ainda defendia o time juvenil quando subiu para o elenco profissional. Mesmo assim, eles acreditam na parceria para evoluir dentro de campo e evitar qualquer problema em meio ao momento alviverde.

“Antes de jogar contra o São Paulo, ficamos a tarde inteira conversando sobre a partida, não ligamos TV, internet, nada. Concentração serve para isso mesmo, para ficar focado no jogo. Sempre ficamos juntos, sempre tentamos levar a nossa alegria para dentro do campo”, revelou o lateral de 18 anos.

Ao contrário do que aconteceu com a maioria do elenco, Gabriel Silva e Vinicius não precisaram lidar com a fúria da torcida. Os jogadores admitem que ainda não passam por problemas com os fãs justamente por serem atletas oriundos da base.

O PALMEIRAS NO TWITTER

“A torcida sempre pediu para os moleques entrarem Os torcedores falam que confiam em nós e isso nos deixa mais tranquilos. É a hora de aproveitar essa chance. Temos muita sorte de estarmos no Palmeiras”, completou o lateral-esquerdo, titular com a ida de Armero para a seleção colombiana.

“Fico feliz que o Armero esteja indo para um clube da Europa, creio que ele também está muito feliz. Agora é me empenhar bastante para ganhar esta vaga e, principalmente, a confiança do treinador”, completou Gabriel Silva, lembrando que o colombiano deve ser negociado durante a paralisação da Copa do Mundo.

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host