UOL Esporte Brasileirão - Série A
 
31/05/2010 - 13h27

Para Ricardinho, momento de transição no Atlético-MG não serve de desculpa

Do UOL Esporte
Em Belo Horizonte

Um dos mais experientes do grupo do Atlético-MG, o meia Ricardinho disse que o momento de transição no clube, com a saída e chegada de jogadores, não pode servir de desculpa pelas duas derrotas seguidas da equipe no Campeonato Brasileiro.

O time mineiro perdeu para o Vitória por 4 a 3, na quarta-feira passada, em Salvador. Nesse domingo, voltou a ser derrotado, dessa vez pelo Fluminense, por 3 a 1, em pleno Mineirão. A equipe comandado por Vanderlei Luxemburgo caiu para o 11º lugar na tabela do Brasileirão, com seis pontos em 15 disputados (aproveitamento de 40%).

“A gente não pode, em minha opinião, usar isso como desculpa. Independentemente da saída de alguns jogadores e da chegada de outros, colocarmos nisso como desculpa dos últimos resultados, tanto do jogo lá contra o Vitória quanto esse (com o Fluminense)”, observou Ricardinho.

O armador acredita que a equipe vai reagir na competição. “Temos é que assumirmos esse momento, de que poderíamos ter obtido resultados melhores, teríamos que ter resultados melhores e acredito que vamos ter. É só uma questão de nós nos ajustarmos, continuarmos trabalhando”, afirmou.

Alguns jogadores deixaram o Atlético depois da conquista do Campeonato Mineiro. Entre eles, estão os atacantes Marques e Pedro Paulo, os meias Renan Oliveira e Evandro e os volantes Jonílson, Correa e Carlos Alberto.

ATLÉTICO-MG NO TWITTER

Nesse mesmo período, a diretoria atleticana acertou a contratação de cinco atletas: o lateral-direito Diego Macedo, os atacantes Neto Berola e Ricardo Bueno, o meia-atacante Daniel Carvalho e o zagueiro Lima, que se recuperou de contusão no clube e assinou contrato de três meses.

Para Ricardinho, os jogadores que estão no grupo têm de assumir a responsabilidade pela má-fase. “Entendemos que perdemos pontos importantes no início da competição, mas não podemos, em hipótese nenhuma, colocar nesse momento de transição a culpa pelos resultados. Pelo contrário, temos de assumir isso como profissionais, até porque muitos jogadores continuam na equipe e não acredito que isso seja correto”, ressaltou o jogador.

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host