UOL Esporte Brasileirão - Série A
 
11/06/2010 - 07h02

Onda de especulações assola o Santos e clube busca evitar desmanche

João Henrique Marques
Em Santos (SP)
  • André (esq), Neymar (centro) e Ganso (dir) são nomes constantemente especulados na Europa

    André (esq), Neymar (centro) e Ganso (dir) são nomes constantemente especulados na Europa

Dificilmente, o time que encantou o país no primeiro semestre será mantido para a segunda metade do ano. O Santos sofre com intensas especulações, basicamente sobre os jovens valores do clube, e busca evitar o desmanche

Wesley, Paulo Henrique Ganso, Neymar e André são nomes que constantemente aparecem no cenário europeu. Os jogadores não escondem o desejo de atuar no exterior, mas sabem da dificuldade que o Santos vai impor para liberá-los.

“O que nós temos para nos proteger são os valores das multas rescisórias. É isso que vamos pedir inicialmente em todas as situações”, disse o diretor de futebol santista, Pedro Luis Nunes Conceição.

Com Ganso e Neymar, os dirigentes alvinegro se prendem justamente no fato de o valor da multa rescisória ser exorbitante. A do meia é de 50 milhões de euros (cerca de R$ 110 milhões), enquanto a do atacante é de 35 milhões de euros (aproximadamente R$ 75 milhões).

Outras situações são mais delicadas. É o caso da de Wesley. O jogador chamou atenção por sua versatilidade e passou a receber diversas sondagens. Uma delas é explícita. O Werder Bremen, da Alemanha, já enviou representantes para observar o volante/meia. O Santos pede no mínimo 5 milhões de euros (cerca de R$ 11) para vendê-lo. No entanto, o clube tem somente 35% dos direitos econômicos do jogador. Wesley tem 25%, o grupo DIS tem 20%, e seu empresário, Roberto de Almeida, os 20% restantes.

O SANTOS NO TWITTER

Venda provável é a do atacante André. O Santos tem apenas 35% dos direitos econômicos do atleta, e sofre com a vontade imposta pelos representas do jogador para aceitar a proposta do Dínamo de Kiev, da Ucrânia.

As especulações de meio de temporada também já foram ouvidas por Felipe. O goleiro vê com bons olhos a saída do clube rumo ao exterior, principalmente agora que perdeu o posto de titular para Rafael.

Saída iminente é a de Robinho. O atacante tem contrato de empréstimo até o dia 4 de agosto, e deve ser negociado pelo Manchester City –ING, detentor de seus direitos, para outro clube europeu na reabertura da janela internacional de transferência, em julho.

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host