UOL Esporte Brasileirão - Série A
 
26/06/2010 - 08h13

Serginho festeja atuação em coletivo do Atlético-MG, mas prega cautela

Gustavo Andrade
Em Vespasiano (MG)
  • Serginho, que ficou longo tempo parado, participou do primeiro coletivo como titular da equipe

    Serginho, que ficou longo tempo parado, participou do primeiro coletivo como titular da equipe

Recuperado de cirurgia para reconstrução do ligamento cruzado anterior do joelho direito, o volante Serginho disputou, na sexta-feira, seu primeiro treino coletivo desde que voltou a treinar normalmente. Embora esteja retornando de lesão e não tenha disputado sequer uma partida nesta temporada, ele já ganhou vaga na equipe titular comandada por Vanderlei Luxemburgo.

O volante de 23 anos comemorou o retorno aos treinos sem qualquer incômodo. “Depois de um bom tempo parado, poder fazer o primeiro coletivo junto com o grupo é felicidade pra mim. Ocorreu tudo bem, e é o primeiro de muitos, se Deus quiser”, disse. “Quando soube que era coletivo, deu um friozinho na barriga, mas treinei bem, gostei da minha atuação. Agora é ficar firme para ajudar o grupo”, acrescentou.

No entanto, ele é cauteloso sobre a possibilidade de ser titular quando for retomada a disputa do Campeonato Brasileiro. O próximo jogo oficial será diante do Atlético-GO, em 15 de julho. “Tenho que ir passo a passo. Esse foi o primeiro coletivo. Foi muito boa a minha atuação, gostei de poder treinar por muito tempo. Já é uma alegria ter passado bem pelo coletivo”, destacou.

Sem jogar desde novembro, Serginho ainda sente dificuldades em relação ao condicionamento físico. “Na parte física, sinto um pouco quando dou pique para voltar, dá uma abafada, mas isso acontece. Com trabalho, a gente fica na melhor forma física possível. Temos um pouquinho de tempo para trabalhar e ficar 100%”, salientou.

No treinamento coletivo, Serginho se juntou ao meio-campo formado por Zé Luís, João Pedro e Ricardinho. Para o técnico Vanderlei Luxemburgo, Serginho e João Pedro darão velocidade à equipe. “A equipe mudou. Com João Pedro e Serginho, a velocidade muda. São dois jogadores que dão muita velocidade ao jogo e mudam o ritmo da equipe”, avaliou.

Serginho elogiou o companheiro de 18 anos que o auxiliará na transição entre a defesa e o ataque. “O João Pedro é um grande jogador, que acompanha o elenco agora também. Eu e ele temos a mesma característica, somos dois jogadores de velocidade, que chegam com facilidade ao ataque. Creio que ele vai ser muito bem usado no elenco profissional”, observou.

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host