UOL Esporte Brasileirão - Série A
 
11/07/2010 - 12h51

Apesar da fase conturbada do Fla, Botafogo descarta favoritismo no clássico

Do UOL Esporte
No Rio de Janeiro
  • Jeferson sabe que clássico será bem complicado

    Jeferson sabe que clássico será bem complicado

O Flamengo vive um dos momentos mais conturbados dos últimos tempos. Não bastasse a falta de opções, sobretudo para o ataque, do técnico Rogério Lourenço, o clube passa pela tensão do ‘caso Bruno’. O goleiro, apesar de afastado do elenco e com contrato suspenso, afeta o cotidiano rubro-negro. Contudo, a realidade complicada do rival não deixa o Botafogo mais tranquilo para o clássico de quarta-feira, na volta do Campeonato Brasileiro.

Em General Severiano, todo o respeito é pouco. Ciente de que o futebol proporciona inúmeras surpresas, o técnico Joel Santana pegou o discurso da humildade. Bom para eles que o grupo ’comprou’ a ideia.

“Não podemos mudar o nosso jeito de jogar. Nosso forte é o coletivo, a dedicação, a seriedade. Não tem favoritismo. Vamos jogar como sempre, respeitando o Flamengo. Faremos de tudo em campo para sair com a vitória, mas sabemos que será um duelo muito complicado”, frisou o goleiro Jeferson.

O ’caso Bruno’ parou o país na última semana e conseguiu até mesmo feito de disputar espaço na mídia com a Copa do Mundo. O goleiro rubro-negro está preso e foi indiciado como suspeito pelo desaparecimento de sua ex-amante, Eliza Samudio.

Diante da situação, o Flamengo suspendeu o contrato do jogador, que ainda perdeu o patrocínio particular. Com isso, o reserva rubro-negro Marcelo Lomba será o titular diante do Botafogo.

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host