UOL Esporte Brasileirão - Série A
 
16/07/2010 - 14h06

R. Gomes nega desinteresse por Brasileiro e não aceita desculpa em novo revés

Luiza Oliveira
Em São Paulo
  • Ricardo Gomes rechaçou a ideia de que o Brasileiro não é importante para o São Paulo

    Ricardo Gomes rechaçou a ideia de que o Brasileiro não é importante para o São Paulo

Muito se fala que a prioridade do São Paulo é a Libertadores e que a equipe não tem valorizado o Campeonato Brasileiro. O técnico Ricardo Gomes faz questão de podar qualquer comentário desse tipo e garantiu que o time tricolor ataca em duas frentes.

Os comentários aumentaram ainda mais após a derrota para o Avaí por 2 a 1, quarta-feira, no Morumbi, em que o time pecou no setor defensivo e permitiu dois gols no contra-ataque e uma bola na trave.

Mas Ricardo Gomes se mostrou até irritado com o comportamento da imprensa. “Não tem espaço para esse tipo de comentário. Falaram que o jogo contra o Avaí seria treino. É bom separar o que é colocado pela imprensa e o que é falado por nós. Nós estamos plenamente interessados, não aceito isso. Nosso foco é o Brasileiro. Se perdermos em Salvador, não tem desculpa”.

O técnico tricolor afirmou que a única partida que poderá ser considerada atípica é o clássico contra o Santos na Vila Belmiro, dia 25, que antecede a primeira partida da semifinal da Libertadores contra o Internacional, em 28 de julho. Nesse caso, ele já prevê poupar alguns atletas.

“Temos condição de atacar nas duas competições e devemos fazer isso. Apenas na fase decisiva, no jogo anterior ao da Libertadores. Aí sim teremos alguma modificação porque os atletas têm que ser preservados. Não tem desinteresse, para nós são três coisas”.

Ricardo Gomes elogiou o Vitória, que também está em outra competição e vai disputar o título da Copa do Brasil contra o Santos. “O Vitória é um dos times que tira maior proveito do fator casa. Mas o nosso torcedor tem de esperar mais do que viu contra o Avaí".

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host