UOL Esporte Brasileirão - Série A
 
16/07/2010 - 07h03

Referendado por R. Gomes, Xandão tenta rearranjar 'paredão dos pontos corridos'

Luiza Oliveira
Em São Paulo

A defesa do São Paulo reina na era dos pontos corridos. Acostumada a ser a mais eficiente da história recente do Campeonato Brasileiro, a retaguarda tricolor vive situação incômoda em 2010 sem figurar sequer entre as três melhores da competição. Para a partida deste fim de semana contra o Vitória, o novo integrante da zaga Xandão terá a missão de recuperar o posto.

O zagueiro foi contratado no início deste ano com o aval do técnico Ricardo Gomes que já declarou confiar no atleta caso alguém titular da posição seja negociado. Neste sábado, ele terá a chance na equipe principal no Barradão. Isso porque Alex Silva cumpre suspensão após receber o terceiro cartão amarelo.

Xandão tentará equilibrar a defesa que vem falhando nos últimos jogos. Na derrota por 2 a 1 para o Avaí, na quarta-feira, o sistema defensivo pecou e permitiu dois contra-ataques do adversário que resultaram em gol, além de uma bola na trave.

As falhas incomodaram tanto o técnico Ricardo Gomes que ele decidiu fazer uma reunião com os jogadores na reapresentação de quinta-feira para passar um vídeo com lances da partida e apontar os erros a serem corrigidos.

RETROSPECTO DA DEFESA NO BRASILEIRO

ANO CAMPANHA
2010 8 gols sofridos (4ª melhor defesa)
2009 42 gols sofridos (melhor defesa)
2008 36 gols sofridos (2ª melhor defesa)
2007 19 gols sofridos (melhor defesa)
2006 32 gols sofridos (melhor defesa)
2005 67 gols sofridos (12ª melhor defesa)
2004 43 gols sofridos (melhor defesa)
2003 67 gols sofridos (12ª melhor defesa)

Neste Campeonato Brasileiro, não pode se dizer que a defesa tem deixado a desejar, já que é a quarta melhor do torneio com oito gols sofridos em oito jogos. A posição é dividida com Cruzeiro, Flamengo e Corinthians.

Mas se os números não são ruins, estão longe de estarem no nível de anos anteriores desde a implementação do sistema de pontos corridos. Em 2004, 2006, 2007 e 2009, o São Paulo terminou a competição com a retaguarda mais eficiente. Em 2008, ano do tricampeonato, foi a segunda melhor.

Sem fazer parte das campanhas anteriores, Xandão discorda das críticas feitas à equipe nesta temporada. “O time acabou pecando em algumas falhas individuais e coletivas, mas não posso concordar que a defesa diminuiu sua qualidade ou ritmo. Antes da parada vinha atuando bem. Não vejo dessa forma, só por um jogo começar a ver defeitos”.

No sistema com três zagueiros, Xandão deve jogar na sobra substituindo o posicionamento de Alex Silva, enquanto Miranda permanece na direita e Richarlyson pelo lado esquerdo.

Ele garantiu estar confortável na posição. “Se o professor realmente optar por mim na sobra não terá problemas, já que atuei nessa posição. O Miranda é destro e vai bem na direita, o Richarlsyon está acostumado no lado esquerdo. Está tudo encaixado”.

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host