UOL Esporte Brasileirão - Série A
 
Rodrigo Capote/Folhapress

Robinho lamenta uma das várias oportunidades perdidas em sua volta após o Mundial

18/07/2010 - 20h29

'Paredão' funciona, Fluminense bate Santos na volta de Robinho e é vice-líder

Do UOL Esporte
Em São Paulo

O Santos entrou em campo badalado pela volta de Robinho após a Copa do Mundo. Mas o Fluminense não se intimidou. Com uma retranca bem postada, suportou as perigosas e incessantes investidas de Neymar, André e cia e venceu o time praiano por 1 a 0 em plena Vila Belmiro. De quebra, confirmou a boa fase e colou nos líder do Campeonato Brasileiro.

A equipe carioca assumiu a vice-liderança do torneio nacional com 19 pontos e continua seguindo de perto o Corinthians que venceu o Atlético-MG e foi a 21 pontos na tabela. O resultado confirmou a ascensão do Flu que chegou à sexta partida de invencibilidade, sendo cinco vitórias e um empate.

Já o Santos, mesmo com o sucesso dos meninos da Vila no primeiro semestre,  amargou a segunda derrota seguida (havia perdido para o Palmeiras), caiu cinco posições e está em nono lugar na tabela com 12 pontos.

Nem o primeiro jogo de Robinho após dois meses longe foi suficiente para dar a vitória. O atacante não atuava em terras tupiniquins desde o dia 19 de maio, quando o Santos venceu o Grêmio pela semifinal da Copa do Brasil. Depois se apresentou à seleção brasileira, eliminada nas quartas de final do Mundial. O retorno poderia ter sido no meio de semana, mas ele pediu para não enfrentar o Palmeiras.

PRINCIPAIS LANCES
PRIMEIRO TEMPO
3 min- Robinho recebe livre pela direita, entra na área e sem ângulo chuta forte pela linha de fundo
24 min -Robinho entra na área pela direita e bate forte, a bola passa muito perto do gol de FH
28 min -Ganso cobra a falta com muita categoria e a bola passa raspando o ângulo esquerdo do gol
40 min -Robinho cruza rasteiro da direita, Neymar aparece na pequena área para desviar para o gol, desequilibrado, e a bola sai pela linha de fundo
43 min- André bate colocado da entrada da área, no canto esquerdo do gol, e Fernando Henrique se estica para fazer boa defesa
SEGUNDO TEMPO
3 min-Maranhão cruza na medida para André, que aparece sozinho na área para desviar com muito perigo, à esquerda do gol de Fernando Henrique
8 min-Neymar avança, entra na área e bate cruzado. A bola passa perto da trave esquerda do gol
13 min-Carlinhos recebe passe pela esquerda, entra na área e chuta forte no canto direito
14 min -Conca dá um belo passe de calcanhar para Carlinhos, que chuta forte e Rafael espalma para o lado
15min -NO TRAVESSÃO!!! Marcel solta uma bomba de fora da área e acerta o travessão
32 min - GOOOOOLLLL DO FLUMINENSE!!!! Alan recebe um grande lançamento em contra-ataque do Flu, entra livre na área e bate cruzado, no canto direito do gol, para abrir o placar na Vila
34 min -Neymar cobra falta e acerta a barreira, na sobra Wesley bate de primeira e Fernando Henrique cai no canto esquerdo para evitar o gol
38 min -Após troca de passes do ataque santista, Ganso deixa Zé Eduardo na cara do gol, ele bate cruzado e Robinho, na pequena área, desvia

Com as perspectivas de as duas equipes chegarem na parte de cima da tabela, o primeiro tempo foi aberto. Jogando em casa, o Santos tomou a iniciativa da partida, pressionou, criou as principais chances de gol, mas esbarrou na retranca do Fluminense e nas boas defesas do goleiro Fernando Henrique.

O técnico Muricy Ramalho surpreendeu ao escalar o time com três zagueiros com a volta de Leandro Euzébio. O sistema funcionou, já que os cariocas conseguiram se sobressair na marcação e bloquear a parte central da área, criando dificuldades ao time praiano para atacar por esse setor.

O retorno de Robinho ao Santos deu mais movimentação ao ataque. O jogador chegou bem na frente, enquanto o Fluminense tentava surpreender nas investidas mais esporádicas.

A tônica no segundo tempo foi a mesma, mas com uma maior participação ofensiva, o que deixou o jogo bastante aberto e movimentado. Nos primeiros minutos, o Santos teve a chance mais clara nos pés de André e depois colocou uma bola na trave com Marcel, que havia acabado de entrar.

Mas o tricolor não ficou atrás, adiantou a marcação e tinha os dois alas, Mariano e Carlinhos, saindo bastante para o jogo e sendo eficientes nas assistências pelos lados. Carlinhos, especialmente, deu trabalho com duas chances claras de marcar.

O Fluminense foi premiado pela sua organização aos 32 minutos do segundo tempo quando Alan recebeu lançamento em contra-ataque para marcar o único gol da partida. O Santos não se deu por vencido. Logo após a saída, Fernando Henrique salvou bola incrível de Wesley e Robinho perdeu chances na pequena área. Mas não teve força para empatar.

As equipes voltam a campo no meio de semana. Na quarta-feira, o Santos visita o Atlético-PR na Arena da Baixada. No dia seguinte é a vez de o Fluminense receber o Cruzeiro no Maracanã.

OPINIÃO DOS ESPECIALISTAS

Flu faz festa na Vila


SANTOS 0 x 1 FLUMINENSE

SANTOS
Rafael; Maranhão, Edu Dracena, Durval e Pará; Arouca, Wesley (Madson), Paulo Henrique Ganso e Robinho; Neymar (Zé Eduardo) e André (Marcel)
Técnico: Dorival Júnior

FLUMINENSE
Fernando Henrique, André Luis, Gum e Leandro Euzébio; Mariano, Diogo (Marquinho), Diguinho, Conca (Júlio César) e Carlinhos; Rodriguinho (Alan) e Fred.
Técnico: Muricy Ramalho

Data: 18/07/2010, domingo
Local: Estádio Vila Belmiro, em Santos (SP)
Árbitro: Claudio Mercante (Asp. Fifa-PE)
Auxiliares: Alcides Augusto de Lira Junior (PE) e Jose Pedro Wanderlei da Silva (PE)
Cartões amarelos: Arouca, Ganso e Durval (Santos), Marquinho, Diguinho e Diogo (Fluminense)
Gols: Alan, aos 32 minutos do segundo tempo
 

Placar UOL no iPhone

Hospedagem: UOL Host