UOL Esporte Brasileirão - Série A
 
19/07/2010 - 08h15

Campeão de bolas perdidas, Jonas vê queda no desempenho ofensivo gremista

Marinho Saldanha
Em Porto Alegre

No primeiro semestre a dupla formada por Jonas e Borges embalava os jogos do Grêmio. Ao todo, juntos eles marcaram 38 gols. Quando Borges se lesionou, o ex-santista se encarregou de ser o responsável pelas alegrias do torcedor e seguiu marcando, atingindo de 22 gols. Contudo, mesmo com a dupla refeita, o desempenho não vem sendo o mesmo. No jogo contra o Grêmio Prudente, Jonas foi quem mais desperdiçou jogadas ofensivas e seu parceiro também não foi bem.

Jonas teve somente uma chance de gol, aos 34 minutos do segundo tempo, após cruzamento de Fábio Rochemback. Antes e depois disso, muito esforço, mas pouca produtividade marcaram a atuação dele.

Segundo o Datafolha, Jonas recebeu 32 vezes a bola e desperdiçou 10 jogadas. Com 3 arremates e 3 desarmes na partida, chamou atenção o pequeno aproveitamento de passes, incomum para um atleta com a qualidade dele. 81,5% foi uma marca superior somente ao goleiro Victor e a Roberson, que entrou no final da partida.

Jonas

  • 32

    bolas recebidas

    O atacante se apresentou ao jogo

  • 10

    jogadas desperdiçadas

    Porém foi o que mais desperdiçou

Ao lado de Jonas, Borges também não foi bem. O centroavante não teve nenhuma chance de gol e apareceu muito pouco na partida, reflexo disso foi ter recebido a bola somente 16 vezes. Pela omissão, perdeu somente três jogadas e arrematou em gol duas vezes. Como participou pouco do jogo, fato que pode ser justificado pelo quadro de indisposição estomacal que o atacante apresentou antes do jogo, o acerto de passe foi muito alto: 93,3%, o melhor do time.

BORGES

  • 16

    bolas recebidas

    Omisso, Borges participou pouco

  • 93,3%

    passes certos

    Com isso errou poucos passes

O meio campo gremista também não foi bem. Nenhum jogador do setor de criação conseguiu obter um percentual de acerto de passe próximo a 90%, com Douglas [principal armador] fechando a partida com míseros 84,6%.

Sem tempo para mudar muito, o Grêmio retorna para Porto Alegre nesta segunda-feira e já treina visando o confronto com o Vasco, quarta-feira, às 21h50, no Olímpico. O jogo pode significar a demissão de Silas, que recebeu um ultimato da direção do clube. Edílson, Rodrigo e Douglas estão suspensos e desfalcam o time tricolor.
 

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host