UOL Esporte Brasileirão - Série A
 
19/07/2010 - 12h36

Cuca recorre a números para dizer que sistema defensivo celeste é bom

Do UOL Esporte
Em Belo Horizonte
  • Com o zagueiro Gil (f), Cruzeiro não sofreu gols nos últimos dois jogos disputados pelo Brasileirão

    Com o zagueiro Gil (f), Cruzeiro não sofreu gols nos últimos dois jogos disputados pelo Brasileirão

O Cruzeiro, que espera anunciar ainda nesta segunda-feira o nome de seu novo zagueiro, ainda não levou gols nos dois jogos disputados após o reinício do Brasileirão, quando venceu Atlético-PR e Goiás, por 2 a 0 e 1 a 0, respectivamente. Levando-se em conta o amistoso contra o Tupi, vencido por 3 a 0, na Arena do Jacaré, em Sete Lagoas, a equipe celeste não é vazada há três partidas.

Para o técnico Cuca, os números positivos atestam a qualidade do sistema defensivo do Cruzeiro. “Muito se falou da defesa do Cruzeiro, que não era boa, é boa sim. Não tomamos gols há dois jogos, o setor defensivo foi muito bem”, comentou o treinador cruzeirense.

Nas duas partidas válidas pelo Campeonato Brasileiro, a zaga celeste foi formada por Cláudio Caçapa e Gil, os dois especialistas na posição em condições de jogo. O volante Fabinho, que atua improvisado como zagueiro, era a opção de Cuca no banco de reservas.

Em ambos os jogos, o Cruzeiro foi armado pelo treinador no 4-4-2, com dois volantes titulares – Fabrício e Henrique, atuando ao lado de dois meias, Roger e Gilberto, que admitiu ter agora funções defensivas também.

“O sistema defensivo não teve grandes sustos, apesar de o Goiás ter tido maior posse de bola. Goiás é sempre jogo duro, jogo tinhoso e estou muito contente pela vitória”, salientou Cuca, ao analisar o fato de o adversário celeste do último domingo ter mantido maior posse de bola.
 

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host