UOL Esporte Brasileirão - Série A
 
20/07/2010 - 17h47

Grêmio busca conscientizar jogadores da importância da vitória ante Vasco

Marinho Saldanha
Em Porto Alegre
  • Conversa entre Silas, Borges e Hugo no treino gremista; direção quer conscientização quarta

    Conversa entre Silas, Borges e Hugo no treino gremista; direção quer conscientização quarta

Pressão, cobrança e comprometimento são as palavras mais citadas no Olímpico com o momento complicado vivido pelo Grêmio. Depois de empatar com o Vitória e perder para o Grêmio Prudente, o time tricolor convive com uma instabilidade que pode terminar nesta quarta-feira. As alternativas para a reversão da crise são: a derrota e a troca do comando técnico ou a vitória e a tranquilidade pela saída da zona do rebaixamento. Visando a segunda alternativa, Luiz Onofre Meira, assessor de futebol gremista, revelou a tentativa da direção em conscientizar os jogadores.

"Nós estamos, a partir de Presidente Prudente, trabalhando já na conscientização deste jogo da quarta-feira. E vai ocorrer até amanhã, poucas horas que vão anteceder o jogo. É um trabalho de conscientização na busca de comprometimento. Esperamos que tenhamos resultado positivo com todas essas atitudes que foram tomadas visando ao crescimento do time", disse o cartola.

Antes do treinamento desta quarta-feira houve cerca de uma hora de conversa entre comissão técnica e jogadores do time tricolor. "Quem disse que não tive minha participação?", questionou Meira que esteve no pátio do Olímpico durante a reunião.

No encontro, que ocorreu na sala de conferências do Olímpico, vídeos foram mostrados aos atletas e uma conversa longa ministrada por Silas foi realizada.

"O comprometimento é com determinadas situações de jogo. O Grêmio, quando não obtém resultados, evidentemente que não satisfaz o clube e o torcedor. Então vamos trabalhar nos resultados. Para que isso aconteça, tem que haver uma unidade", afirmou.

O GRÊMIO NO TWITTER

O trabalho foi fechado durante quase toda sua duração. Somente cerca de 15 minutos foi aberto para a realização de imagens pela imprensa. Quando os jornalistas chegaram ao gramado principal, Silas conversava em separado com Hugo e Borges, e seguiu com eles por cerca de 30 minutos. Rafael Marques foi a baixa da atividade. O zagueiro esteve no departamento médico por uma indisposição estomacal, mas deve jogar.

"A cobrança é feita diariamente nos treinamentos. O momento que o Grêmio vive, não podemos fugir disso, é de uma crise técnica. O que temos que buscar é derrubar essa situação. Como se faz isso? Com um trabalho dentro e fora de campo", sacramentou.

A chance de reverter a situação complicada é quarta-feira, às 21h50, no Olímpico. O jogo contra o Vasco pode significar a demissão de Silas, em caso de derrota.

Placar UOL no iPhone

Hospedagem: UOL Host