UOL Esporte Brasileirão - Série A
 
20/07/2010 - 15h12

Unidos, Wesley e Robinho buscam selar a paz em frente às câmeras

João Henrique Marques
Em Santos (SP)

WESLEY E ROBINHO INSEPARÁVEIS

  • Robinho e Wesley foram parceiros no treinamento físico nesta terça-feira e conversaram bastante no treinamento do Santos. Jogadores procuraram demonstrar que briga está superada

Wesley e Robinho se preocuparam em demonstrar que a briga entre os dois, horas antes da partida contra o Fluminense, no último domingo, está superada. Os jogadores entraram juntos em campo no treinamento santista, na manhã desta terça, no CT Rei Pelé, e fizeram diversas brincadeiras em conjunto na frente das câmeras.

Logo no início da atividade os jogadores se abraçaram. Pouco depois, Wesley e Robinho formaram dupla para realizar alongamentos. Nos treinamentos físicos, um também acompanhou o outro.

As atitudes visam colocar um ponto final na briga que tiveram na concentração. Após uma discussão, Robinho quebrou o celular de Wesley. O meia revidou ao pegar um taco de sinuca e destruir o capô e um dos retrovisores do carro do atacante. Os jogadores não se agrediram fisicamente, pois foram contidos pelos companheiros.

“Foi um fato normal. Isso acontece a todo instante. É um problema que está sanado, e não houve nenhuma interferência dentro de campo. Me causou espanto da forma como foi publicado na imprensa esse assunto”, disse Dorival.

“Acho que fofoca entre homens é terrível. Com certeza alguém quis tumultuar o ambiente. Infelizmente, vivemos em uma sociedade que gosta de coisas ruins sendo exaltadas. Já tivemos problemas mais graves que esse e as coisas foram bem contornadas”, complementou o treinador.

A diretoria santista também tratou a briga como “corriqueira” e preferiu não aplicar multa nos jogadores. Wesley e Robinho serão titulares contra o Altético-PR, quarta-feira, às 21h50min, na Arena da Baixada, pela 10ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Placar UOL no iPhone

Hospedagem: UOL Host