UOL Esporte Brasileirão - Série A
 
25/07/2010 - 21h51

Presidente do Botafogo e Joel disparam contra a arbitragem do clássico

Do UOL Esporte
No Rio de Janeiro

Maurício Assumpção se pronunciou publicamente para criticar a arbitragem da partida entre Fluminense e Botafogo, que terminou empatada em 1 a 1, pela 11ª rodada do Campeonato Brasileiro. O presidente alvinegro e Joel Santana classificaram como lamentável a atuação do trio de árbitros, que contava com o juíz Rodrigo Nunes de Sá e os auxiliares Luiz Muniz de Oliveira e Marcelo Braz Mariano, todos do Rio de Janeiro.

“Não sou de criticar arbitragem e por muitas vezes minimizei o fato, quando envolvia a arbitragem, principalmente do Rio de Janeiro. Contudo, a torcida do Botafogo não aguenta mais ser prejudicada pela a arbitragem. Digo que foi lamentável a atuação do trio hoje aqui e fomos prejudicados", afirmou, sendo complementado por Joel Santana.

"Não dá para ser sempre a mesma história, depois falam que Joel é chorão. As coisas acontecem e o time jogou bem, criou as melhores situações, mas aí vem a outra parte da história. E eu que tenho de dar explicações ao torcedor", disse.

Na partida, o árbitro expulsou três jogadores, dois do Botafogo e um do Fluminense, além de ter distribuido dez cartões amarelos. Do Alvinegro, Somália e Danny Morais foram para o vestiário mais cedo e desfalcam o time na próxima partida. Já no Fluminense, Thiaguinho recebeu o cartão vermelho.

Na 12ª rodada, a equipe de Joel vai ao Barradão enfrentar o Vitória, às 16h, domingo, em Salvador, e continua em uma situação complicada no Campeonato Brasileiro. O Botafogo está na zona de rebaixamento, na 17ª posição, com 12 pontos ganhos.

No jogo diante dos baianos, o Alvinegro deverá ter a reestreia de Maicosuel. Apresentado antes do clássico, neste domingo, o jogador pode ser inscrito ainda nessa semana. Loco Abreu se reapresenta nesta segunda e não deve ter condições fisicas para atuar.

Placar UOL no iPhone

Hospedagem: UOL Host