UOL Esporte Brasileirão - Série A
 
25/07/2010 - 19h26

Grêmio minimiza briga, garante Silas e promete sair da zona de rebaixamento

Do UOL Esporte
Em Porto Alegre

Depois de mais uma rodada na zona do rebaixamento, com o empate de 2 a 2 com o Cruzeiro, os dirigentes do Grêmio apaziguaram a briga entre Jonas e Rodrigo nos vestiários. Para desviar o foco, os cartolas buscaram outros pontos para justificar o empate. Em meio a uma reclamação sobre a arbitragem, Duda Kroeff, presidente gremista, prometeu uma melhora rápida. Luiz Onofre Meira, por sua vez, garantiu a sequência do técnico Silas.

"Essas situações são consequência do resultado de campo. Como dirigente, eu percebo a indignação como um fato positivo. As discussões de vestiário são normais, jogadores agressivos ficam mais tensos. Não é nada que traga prejuízos para a conduta ou disciplina do grupo", disse Meira sobre a briga nos vestiários.

Depois de dizer que a briga é comum e mais intensa por se tratar de atletas profissionais, o presidente gremista aproveitou o ponto culminante do momento ruim para fazer uma promessa ao torcedor.

"Eu prometo para a torcida, o Grêmio não vai ficar na posição em que está. Vamos sair do fim da tabela em breve, eu prometo", disse o mandatário.

Ameaçado há algumas rodadas, Silas seguirá no comando técnico do time. A garantia foi dada pelo assessor de futebol gremista ainda nos vestiários da Arena do Jacaré.

"Não tenho nenhuma dúvida que o Silas prossegue. Eu nunca disse que ele não continuaria. Sabemos que o técnico vive de resultados, mas confiamos no trabalho e vimos que o rendimento melhorou. Contra o Vasco e hoje o Grêmio mostrou que poderia ter saído vitorioso. Não saiu, mas sabemos o porquê", disse, fazendo referência a erros de arbitragem.

A delegação gremista retorna para Porto Alegre neste domingo e segunda-feira retoma os trabalhos no Olímpico. A semana Gre-Nal começa com o grupo do Grêmio em ebulição e a presença na zona do rebaixamento. 

Placar UOL no iPhone

Hospedagem: UOL Host