UOL Esporte Brasileirão - Série A
 
25/07/2010 - 18h07

Pressionado, Silas é expulso e vê Grêmio perder chance de vencer o Cruzeiro

Do UOL Esporte
Em Porto Alegre

O técnico Silas entrou em campo para comandar o Grêmio contra o Cruzeiro neste domingo sob forte pressão. Mesmo com o empate e a tranquilidade gerada pelo rendimento no último jogo, o treinador ainda estava ameaçado de demissão. Nervoso, o técnico não parou em nenhum momento do confronto em Sete Lagoas. Expulso aos 25 minutos do segundo tempo, o técnico assistiu o seu time estar duas vezes na frente, mas ceder o empate para o Cruzeiro.

O resultado mantém o Grêmio na zona do rebaixamento. Em décimo oitavo, o time tricolor ainda não venceu fora de casa no certame nacional e não sabe o que é conquistar três pontos há cinco rodadas.

O Grêmio começou bem com a nova formação. Ao fim do primeiro tempo, o time tricolor vencia por 1 a 0. Entretanto, no início da segunda etapa o Cruzeiro empato com Fabrício, mas o Grêmio seguiu jogando melhor.

Ao reclamar fortemente com a arbitragem, Silas acabou expulso. No lance anterior o comandante teve sua atenção chamada pelo árbitro que não suportou os gritos vindos do banco de reservas gremista.

No momento da expulsão de Silas o Grêmio era melhor que o Cruzeiro. Mas desde a saída do treinador o time decaiu muito e acabou sofrendo pressão. Em saídas esporádicas o Grêmio foi perigoso, tanto que em uma falta, Jonas marcou o segundo. Mas, aos 41 minutos do segundo tempo Henrique contou com uma falha da defesa do Grêmio e empatou para o Cruzeiro.

Nos vestiários, depois do jogo, ainda houve confusão entre Jonas e Rodrigo. O atacante teria dado um tapa no zagueiro e houve muita discussão. Neste momento, o técnico tentou acalmar seus jogadores que amargaram mais um mau resultado fora de casa.

 

Placar UOL no iPhone

Hospedagem: UOL Host