UOL Esporte Brasileirão - Série A
 
25/07/2010 - 19h49

São Paulo flerta com degola, e técnico aposta em Oliveira e jovens para reagir

Carlos Padeiro
Em Santos

Apenas um ponto alcançado em 12 disputados pós-Copa do Mundo. O São Paulo vai encerrar a 11ª rodada do Brasileirão flertando com a zona de rebaixamento. Apesar da situação complicada, o técnico Ricardo Gomes aposta na chegada do atacante Ricardo Oliveira e nos jovens para reagir na competição nacional.

Dois atletas promovidos da base participaram do clássico contra o Santos, neste domingo, e ganharam elogios do comandante são-paulino, apesar da derrota por 1 a 0. O lateral-esquerdo Diogo e o volante Casemiro iniciaram a partida, uma vez que o treinador optou por uma equipe formada basicamente por reservas.

“O Casemiro foi muito bem. Teve personalidade. Já o Diogo começou nervoso, mas depois entrou na partida. Acredito que a entrada desses garotos e a chegada do Ricardo Oliveira serão importantes”, comentou Ricardo Gomes.

"O campeonato é longo, não atingimos nem a metade. Quem está na Libertadores historicamente paga um preço alto. É só você pegar o Cruzeiro ano passado, que foi até a final da Libertadores e depois reagiu no segundo turno do Brasileiro. Vamos abordar os dois campeonatos", completou.

Dias atrás, Ricardo Oliveira acertou seu retorno ao Morumbi. Em fase final de recuperação de uma cirurgia no joelho, o centroavante será inscrito na Copa Libertadores, mas provavelmente terá condições de entrar em campo apenas nas finais, caso o time supere o Inter na semi. Ou seja, ele deverá perder mais duas ou três rodadas de Brasileiro.

Até o momento, o time do Morumbi vem decepcionando no torneio nacional. Acumulou três derrotas (Avaí, Vitória e Santos) e um empate (Grêmio Prudente) após a Copa do Mundo. Soma apenas 12 pontos, um à frente, por exemplo, do Grêmio, que aparece entre os quatro piores.

Placar UOL no iPhone

Hospedagem: UOL Host