UOL Esporte Brasileirão - Série A
 
25/07/2010 - 07h05

Técnico Cuca põe à prova bom início de trajetória no Cruzeiro

Gustavo Andrade
Em Belo Horizonte

Depois de sua primeira derrota no comando do Cruzeiro, diante do Fluminense, Cuca afirmou que o revés não traria traumas, já que a equipe mostrou bom futebol. Com três jogos no clube mineiro e duas vitórias, o treinador experimenta o início de uma aceitação em que resultados negativos podem ser ponderados, com o ele próprio fez.

Em busca de um apoio dos torcedores cada vez maior, o técnico cruzeirense comanda o Cruzeiro neste domingo, diante do Grêmio, às 16h (de Brasília), na Arena do Jacaré, em Sete Lagoas, pela 11ª rodada do Campeonato Brasileiro, com o objetivo de evitar que a boa fase inicial comece a sofrer questionamentos.

A aposta de Cuca é que o tempo transformará as dúvidas dos torcedores sobre sua capacidade em confiança num bom trabalho. “A gente vem de outro centro. Eu nunca tinha trabalhado aqui em Minas, apesar da vontade que eu tinha, e é normal que se haja uma desconfiança, um tempo para o torcedor analisar o trabalho do treinador. Mas tenho convicção de que, com passar do tempo, eles vão confiar ainda mais no nosso trabalho à frente do Cruzeiro”, afirmou.

Conforme a própria diretoria do Cruzeiro revelou, Cuca não era a primeira opção para suceder Adilson Batista, que pediu demissão em 2 de junho. Segundo os dirigentes celestes, Luiz Felipe Scolari, Abel Braga e Carlos Alberto Parreira foram contatados. Já Ney Franco e Joel Santana disseram que recusaram convites para o cargo.

Entretanto, Cuca iniciou bem a trajetória no Cruzeiro e venceu as duas primeiras partidas oficiais: 2 a 0 diante do Atlético-PR, na Arena da Baixada, onde o time mineiro não vencia o rival pelo Brasileirão desde 2003, e 1 a 0 sobre o Goiás, na Arena do Jacaré. Apesar da derrota na última quinta-feira, por 1 a 0 para o Fluminense, no Maracanã, Cuca avalia que a equipe teve o seu melhor desempenho sob seu comando.

“Fica o sentimento que podia ser melhor, mas a gente não pode se deixar levar por esse sentimento. Tivemos todas as dificuldades, campo cheio, adversário aniversariante, podendo alcançar o topo da tabela, acho que fizemos um jogo melhor que o Fluminense. O que dá ânimo é que você está no caminho certo e a equipe está evoluindo. Foi o melhor jogo no meu comando. Tem de estar reequilibrado para fazer boa partida domingo e buscar os pontos que escaparam”, analisou.

Além de evitar o início de uma cobrança, uma vitória sobre o Grêmio amenizará a pressão por um resultado positivo na rodada seguinte, no clássico estadual contra o Atlético-MG, na Arena do Jacaré. Entretanto, Cuca garante que no momento só pensa na partida contra o tricolor gaúcho. “Estou pensando no clássico Cruzeiro e Grêmio. Meu pensamento é só o Grêmio no domingo. Durante a semana toda, a gente fala no clássico”, desconversou.

Placar UOL no iPhone

Hospedagem: UOL Host