UOL Esporte Brasileirão - Série A
 
Folha Imagem

Arbitragem invalidou três gols do Palmeiras; Corinthians fez gol em impedimento

01/08/2010 - 18h10

Com excesso de cartões e polêmica, arbitragem protagoniza clássico paulista

Do UOL Esporte
Em São Paulo *

A arbitragem de Paulo César de Oliveira protagonizou o clássico entre Palmeiras e Corinthians pelo Campeonato Brasileiro. Gol impedido, muitas faltas, pênaltis que não foram marcados para os dois lados e inúmeros cartões deram o tom do empate entre os rivais paulistas por 1 a 1, neste domingo, no Pacaembu.

O lance mais polêmico ocorreu no primeiro tempo. Aos 21min do primeiro tempo, Bruno César lançou Jorge Henrique, que tocou para o fundo das redes. O gol corintiano, porém, estava impedido. No entanto, a arbitragem validou o tento da equipe de Parque São Jorge.

O técnico palmeirense Luiz Felipe Scolari demonstrou certa irritação ao falar da arbitragem, optando por ignorar comentar a atuação de Paulo César. "Posso dizer é que o árbitro que apitou meu jogo contra o Ceará é excelente, espetacular e merece meu aplauso". Instigado em outra pergunta, ele rebateu: "Não vou aplaudir nem criticar. Não é uma posição diferente?".

Vale lembrar que o Palmeiras tem reclamações antigas contra o árbitro da partida deste domingo. No início do ano, Paulo César validou um gol ilegal que gerou o empate do então Grêmio Barueri contra o time alviverde, que chegou até a pedir o afastamento do juiz de seus jogos.

Mas neste domingo, a diretoria do Palmeiras decidiu não polemizar ao falar da atuação de Paulo César. "Não posso dizer porque da posição que estava não dava para ver direito", declarou o vice-presidente de futebol Gilberto Cipullo.

TORCEDORES BRIGAM NA ÁREA VIP

  • Renan Prates/UOL

    Uma promoção da Secretaria de Esportes de São Paulo por pouco não acabou em briga no setor Vip do Pacaembu, durante o clássico entre Palmeiras x Corinthians, pelo Campeonato Brasileiro.

Já o treinador corintiano Adílson Batista afirmou não ter opinião formada sobre o lance, alegando impossibilidade no ângulo em que estava (do banco de reservas) de dizer se foi impedimento ou não no lance de Jorge Henrique.

No primeiro tempo, o árbitro também ‘ignorou’ dois possíveis pênaltis. Logo no começo do clássico, a bola bateu no braço do lateral-esquerdo Armero. Depois, aos 27min, Jucilei puxou Ewerthon dentro da área, mas Paulo César de Oliveira mandou a partida continuar.

Esses erros de arbitragem deixaram o clássico muito nervoso. Foram dez cartões amarelos no clássico. O Corinthians recebeu seis amarelos (Alessandro, Chicão, William, Leandro Castan, Bruno César e Jorge Henrique), enquanto o Palmeiras teve quatro atletas advertidos (Danilo, Armero, Pierre e Márcio Araújo).

A irregularidade chamou a atenção das redes sociais. Para se ter ideia, a tag ‘gol impedido’ liderou o Trending Topic Mundial (lista de expressões mais comentadas) do Twitter. Poucos minutos após o encerramento do duelo, quase mil comentários já haviam sido postados.

* Atualizada às 22h08

Placar UOL no iPhone

Hospedagem: UOL Host