UOL Esporte Brasileirão - Série A
 
Daniel Boucinha/Inter

Em 2006, torcedores do Grêmio colocaram fogo em banheiros químicos no Beira-Rio

01/08/2010 - 08h13

Gre-Nal em meio à Libertadores já teve 'incêndio' e demissão de técnico

Daniel Cassol
Em Porto Alegre

Considerado por muitos o maior clássico do futebol brasileiro, o Gre-Nal tem o poder de mudar os rumos de um clube, em caso de derrota ou vitória. Neste domingo, o Gre-Nal tem um Grêmio em crise, com o técnico Silas a perigo, e um Inter mais focado na Libertadores. Porém, mesmo que a competição continental mobilize a atenção de um dos times, a história recente tem mostrado que Gre-Nal em meio à Libertadores também tem fortes emoções.

No ano passado, uma derrota em Gre-Nal e a eliminação do Campeonato Gaúcho custaram a demissão do então técnico do Grêmio, Celso Roth, hoje trabalhando no rival. Focado na disputa da Libertadores, o Grêmio acabou tendo que enfrentar o Inter nas quartas de final do segundo turno do estadual. O Inter venceu com gols de Andrezinho e Índio, com Tcheco descontando para o Grêmio. Celso Roth acabou demitido e o interino Marcelo Rospide comandou o time na Libertadores, até chegada de Paulo Autuori. O Grêmio acabou sendo eliminado pelo Cruzeiro nas semifinais.

Já fora da Libertadores, o Grêmio venceu o Inter no Campeonato Brasileiro, no dia 19 de julho de 2009. Com gols de Souza e Maxi López no Olímpico, o Grêmio fez 2 a 1 e quebrou uma invencibilidade de sete jogos do Inter.

Em 2007, o Inter foi eliminado precocemente do Gauchão e da própria Libertadores. Os clássicos no Brasileirão só aconteceram após a participação gremista na competição continental, quando o técnico Mano Menezes levou o Grêmio à final contra o Boca Juniors. Depois, o Grêmio venceu os dois clássicos, quebrando uma invencibilidade de três anos do rival.

 

Em 2006, era o Inter que só tinha olhos para a Libertadores. Enquanto disputava a semifinal da competição contra o Libertad, o técnico Abel Braga mandou um time misto para o clássico no dia 30 de julho daquele ano. Em campo, o placar foi de 0 a 0. Mas o Gre-Nal que era para ser morno esquentou com um ‘incêndio’ provocado por torcedores do Grêmio, que atearam fogo em banheiros químicos que haviam sido disponibilizados pela direção do Inter.

Inter e Grêmio fazem o Gre-Nal 382 neste domingo, no estádio Beira-Rio. Até agora, o Inter venceu 144 partidas e o Grêmio, 120. Foram 117 empates. Enquanto o Inter marcou 542 gols, o Grêmio marcou 503.
 

Placar UOL no iPhone

Hospedagem: UOL Host