UOL Esporte Brasileirão - Série A
 
01/08/2010 - 09h07

Grêmio quer vencer insegurança com superação no Gre-Nal

Marinho Saldanha
Em Porto Alegre

Um dos motivos para a queda de rendimento do Grêmio, segundo os jogadores, foi a insegurança gerada pelos resultados ruins. Depois de cinco jogos sem vencer, o futebol melhorou e a superação sera o principal ponto para buscar os três pontos no Gre-Nal deste domingo.

"As vezes você está querendo vencer mas não sai como o esperado e começa a desconfiança. Empatamos dois jogos em casa e isso prejudicou. Quando ocorre isso, o jogador já procura deixar de fazer o mais difícil para não errar e ser cobrado pela torcida. Mas vencer um clássico pode significar o fim da insegurança", atestou o experiente zagueiro Rodrigo.

Neste domingo, no Beira Rio, às 16h, o Grêmio tem bem definido como deve proceder para conquistar o resultado positivo e deixar a zona do rebaixamento.

"Eu posso dizer para o torcedor que não vai faltar motivação e superação, porque um Gre-Nal nos dá uma força ainda maior e sairíamos da zona do rebaixamento. O Grêmio vai ser o mesmo da final do Gauchão, quando vencemos no Beira Rio", garantiu Adílson.

 

Neste jogo, Rodrigo e Borges marcaram os gols e o 2 a 0 garantiu o título estadual mesmo com uma derrota no jogo seguinte, no Olímpico.

Ao contrário do oponente, o Grêmio teve a semana toda para trabalhar e prioriza a melhora no Campeonato Brasileiro. Antes de entrar numa semana cheia, com a estreia na Sul-Americana, o time treinado por Silas precisa restabelecer a tranquilidade com o primeiro trunfo desde o recesso.

Restam ingressos para ambas as torcidas. A chuva e o frio devem "esvaziar" o Gre-Nal 382. O confronto marca o reencontro de Celso Roth com o clássico. O treinador foi demitido pelo Grêmio, em 2009, após o mau desempenho contra o rival.

 

 

 

Placar UOL no iPhone

Hospedagem: UOL Host