UOL Esporte Brasileirão - Série A
 
01/08/2010 - 07h20

Sem torcida do time, cruzeirenses não sabem como comemorar gol no clássico

Do UOL Esporte
Em Belo Horizonte
  • Wellington Paulista quer comemorar gol com companheiros

    Wellington Paulista quer comemorar gol com companheiros

A ausência forçada de torcedores do Cruzeiro, que não poderão comparecer ao clássico com o Atlético-MG, neste domingo, às 18h30, na Arena do Jacaré, em Sete Lagoas, por medida de segurança, vai mexer até mesmo na comemoração de possíveis gols por parte do time celeste.

“Como sempre a gente comemora com os companheiros, mas geralmente a gente vai para a torcida do lado. Lá vai ser diferente. Teve um cara que brincou comigo, comemora quietinho, sai andando para não provocar os caras”, afirmou o atacante Wellington Paulista.

Já o parceiro dele no ataque celeste, Thiago Ribeiro, considera que mais importante do que pensar na comemoração, é conseguir marcar os gols. “Comemorar a gente vai comemorar de qualquer jeito, o mais importante é fazer os gols para garantir a nossa vitória”, observou o atacante.

O meia Gilberto, que ainda não tem presença garantida, em função de se recuperar de uma contusão, também destaca a questão da torcida única. “É um fato novo, disputar clássico só, ainda mais torcida adversária. Faz gol e vai comemorar com quem, no banco, é complicado”, indaga.

De acordo com Gilberto, essa é a situação apresentada e cabe ao Cruzeiro entrar em campo e procurar a vitória. “É o que está se apresentando e é tentar fazer o melhor para vencer”, salientou. Segundo ele, jogador não se “mete muito” nessas definições de local para jogos.
 

Placar UOL no iPhone

Hospedagem: UOL Host