UOL Esporte Brasileirão - Série A
 
04/08/2010 - 18h21

No melhor estilo "Urubu Rei", Renato Abreu é apresentado no Flamengo

Vinicius Castro
No Rio de Janeiro
  • O meio-campo Renato Abreu recebeu a camisa 11 do Fla e assegurou que o time pode ser campeão

    O meio-campo Renato Abreu recebeu a camisa 11 do Fla e assegurou que o time pode ser campeão

O atraso na apresentação oficial não impediu o meia Renato Abreu de retornar ao Flamengo da forma como deixou em 2007. Esbanjando identificação com o torcedor, e considerado um dos ídolos recentes do clube, o jogador fez questão de colocar a tradicional máscara do ‘Urubu Rei’, que tantas vezes foi usada para celebrar os seus gols e os títulos com a torcida rubro-negra.

Após receber a camisa 11 das mãos do diretor executivo, Zico, e posar para as fotos com a presidente Patricia Amorim, ele declarou amor ao clube e beijou a camisa do Flamengo. O jogador vibrou com a oportunidade esperada na carreira, e por assinar contrato até dezembro de 2011.

“Estava ansioso para voltar. Fiquei três temporadas fora e o Flamengo fez um esforço enorme para que eu retornasse. Agradeço ao Fábio Luciano (ex-capitão do Flamengo) e ao Cláudio Guadagno (empresário) pela ajuda. Minha vontade é estrear logo, mas vou com calma e fazer tudo dentro do possível para ajudar”, afirmou.

Confiante, Renato Abreu afirmou que o aproveitamento nas cobranças de falta continua o mesmo, mas que ainda precisa treinar para readquirir a melhor forma, já que está há dois meses sem jogar oficialmente.

“A pontaria continua. Tenho é que calibrar e retomar o condicionamento físico. Fiz treinamentos programados pelo clube nos Emirados Árabes, mas o calor atrapalhou bastante. Agora é a hora de retomar isso e dar alegrias ao torcedor”, disse.

O meia fez questão de elogiar a evolução do clube e garantiu que o Flamengo tem condições de conquistar o título brasileiro.

“O Flamengo evoluiu muito. Durante os anos que passei aqui fiz grandes amigos. Pessoas que ajudaram no crescimento do clube nos momentos mais difíceis. Vamos trabalhar, pois o Flamengo sempre disputa títulos e aprendeu muito com os erros. Time grande é assim. Estamos no caminho certo. Ainda tem muita coisa para acontecer e temos elenco para mudar a situação no Campeonato Brasileiro”, garantiu.

Por fim, Renato só lamentou não poder mais utilizar a máscara do “Urubu Rei” para comemorar os seus gols.

“Infelizmente, colocar a máscara foi proibido pela Fifa. Foi uma coisa que marcou no Flamengo, mas tenho certeza de que a torcida vai me representar dessa forma fora de campo e usá-la no Maracanã”, finalizou.
 

Placar UOL no iPhone

Hospedagem: UOL Host