UOL Esporte Brasileirão - Série A
 
05/08/2010 - 20h58

Após treino fechado, Somália mantém discurso de Joel e diz não sabe se joga

Pedro Ponzoni
No Rio de Janeiro
  • Somália, que mostrou sua nova tatuagem após o treino, ainda não sabe se será titular no sábado

    Somália, que mostrou sua nova tatuagem após o treino, ainda não sabe se será titular no sábado

Joel Santana fez mistério e fechou parte do treinamento realizado nesta quinta-feira, no Engenhão. O técnico do Botafogo liberou apenas 15 minutos da atividade para a imprensa e demonstrou que não quer mesmo dar pistas sobre como sua equipe jogará sábado, às 18h30, diante do Atlético-MG, no Engenhão, pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Quando os jornalistas puderam observar o treino, Joel comandava um coletivo em que misturava titulares e reservas na equipe principal. Somália, que pode ganhar uma chance no final de semana, não quis entregar se estará em campo.

“Não sei se vou ser titular. O Joel testou outras formações e ainda tem mais um dia de trabalho. Espero que eu venha a ser. Até eu estou em dúvida. De qualquer forma, temos jogadores qualificados. Qualquer treinador gostaria de ter uma dúvida dessas”, disse.

No treino tático de terça-feira, o comandante alvinegro barrou Fahel e Lucio Flavio para promover as entradas de Marcelo Mattos e Somália. Após o treino de quarta, no entanto, ele não quis confirmar as mudanças.

Nesta quinta, após a entrada da imprensa, os titulares atuavam no 4-3-3 e o ataque estava sendo formado por Herrera, Edno e Loco Abreu. Entretanto, dificilmente essa formação irá iniciar o jogo porque Jobson é considerado peça importante no esquema. O detalhe que mais chamou a atenção no treino foi a bronca que Joel deu no sistema defensivo. Sua intenção era corrigir a saída de bola.

 

Durante sua entrevista, Somália procurou manter a seriedade para não revelar os segredos de Joel Santana. No entanto, o jogador que é conhecido por ser muito descontraído não deixou de lado as risadas quando foi provocado por Marcelo Cordeiro. Poucos antes de começar a falar com a imprensa, o lateral-esquerdo brincou o companheiro pedindo para ele mostrar sua tatuagem para os jornalistas.

“Mostra a tatuagem para eles, Somália. Ninguém consegue ver o que está escrito. Eu dou R$ 5 mil para quem conseguir ver. Mas não vale ir lá na frente”, brincou.

Somália encarou a brincadeira com bom humor e ficou rindo bastante. A tatuagem foi feita em homenagem a sua filha, Isabele Vitória, que tem 2 anos e três meses. O jogador contou que o desenho foi realizado há cerca de duas semanas.

Placar UOL no iPhone

Hospedagem: UOL Host