UOL Esporte Brasileirão - Série A
 
05/08/2010 - 16h46

Diguinho diz que para manter liderança no Brasileiro Flu não pode relaxar

Marlos Bittencourt
No Rio de Janeiro
  • Diguinho relaxa durante treinamento; nas partidas, entretanto, o volante diz que isso não pode ocorrer

    Diguinho relaxa durante treinamento; nas partidas, entretanto, o volante diz que isso não pode ocorrer

Fernando Henrique disse que o Fluminense é o time da moda e Washington apontou a equipe como atual alvo dos adversários. Em razão dessas declarações, o volante Diguinho demonstrou preocupação. Não pelo fato de os jogadores afirmaram que a equipe tricolor virou o centro das atenções, mas por acreditar que o grupo não pode bobear em momento algum.

“Não podemos relaxar em hipótese alguma, principalmente porque conquistamos a liderança do Campeonato Brasileiro. Nos lembramos disso todos os dias porque estamos disputando uma competição de alto risco. Por ser de pontos corridos, todos os jogos devem ser encarados como uma final”, alertou Diguinho.

Quem esteve no time do ano passado sabe bem o que é pressão. Em 2009, o Fluminense precisou “suar sangue” para não ser rebaixado para a Segunda Divisão do Brasileiro. E Diguinho participou daquele momento de superação que derrubou todos os matemáticos que apontaram o clube como candidato a despencar para o baixo-clero do futebol nacional.

“Ano passado não fomos bem, mas Muricy Ramalho chegou e nos deu confiança para lutarmos neste Campeonato Brasileiro. Vamos procurar esquecer tudo o que aconteceu de errado em 2009 para melhorar em 2010. O trabalho que estamos realizando, agora, está muito bom”, afirmou o volante.

O conhecido estilo “sargentão” de Muricy Ramalho parece não ter sido posto de lado. Ao conversar com os jornalistas, o treinador tem afirmado que o Rio de Janeiro lhe tem feito bem. Segundo ele, o bom humor é uma das características do carioca. E isso o contagiou. Internamente, porém, o chefe continua exigindo o máximo, e sem muitas brincadeiras.

“O trabalho de Muricy é diferente, ele nos cobra muito. Estou mais à vontade, sentindo mais confiança. Acho que todos nós estamos muito mais confiantes com ele no comando. O treinador nos diz que time de ponta precisa se empenhar para brigar sempre por títulos”, encerrou.

Placar UOL no iPhone

Hospedagem: UOL Host