UOL Esporte Brasileirão - Série A
 
Rogério Capela/AAN/AE

Jogadores do Guarani comemoram gol na vitória sobre o Avaí

07/08/2010 - 20h22

Guarani goleia o Avaí, vence a 1ª pós-Copa e freia embalo do rival

Do UOL Esporte
Em São Paulo

Após o Mundial da África do Sul, o Guarani não sabia o que era vencer no Brasileiro. O Avaí, por outro lado, seguia invicto pós-Copa e podia dormir na 3ª posição. No entanto, o time paulista ‘ignorou’ o retrospecto e freou o embalo do rival com uma goleada por 4 a 1, no estádio Brinco de Ouro.

O resultado é até certo ponto surpreendente. O Guarani passou o mês de julho sem ganhar (foram cinco partidas). Com isso, começava a rondar a zona de rebaixamento. Após o fim desse jejum, subiu para 18 pontos e assumiu provisoriamente a 9ª colocação.

“Nosso time jogou muito bem. Demos poucos espaços para o adversário e conseguimos aproveitar nossas oportunidades. Temos que manter essa ofensividade nas próximas partidas. Assim, podemos ganhar os jogos”, disse Fabão, que fez um dos gols.

Já o Avaí vinha numa ascensão. Desde o retorno da competição nacional, a equipe treinada por Antonio Lopes não perdeu. Foram três vitórias, incluindo São Paulo e Palmeiras. Após o fim dessa ‘invencibilidade’, permanece com 19 pontos e não consegue ao menos entrar no G-4.

“Nosso time foi péssimo em todos os sentidos. Tivemos uma apatia muito grande. Isso fez com que não fizéssemos uma boa atuação. No primeiro tempo, por exemplo, erramos muitos passes. Perdíamos a bola com muita facilidade”, lamentou o treinador Antonio Lopes.

PRINCIPAIS LANCES

PRIMEIRO TEMPO
9min - GOOOOLLLL DO GUARANI!!!! Renan arrisca de fora da área. A bola desvia em Émerson e engana o goleiro Zé Carlos. 1 a 0.
11min - GOOOOLLLL DO GUARANI!!!! Ricardo Xavier aproveita uma bobeira do sistema defensivo do Avaí e toca para o fundo das redes.
14min - GOOOOLLLL DO AVAÍ!!!! Davi é derrubado por Renan dentro da área. Pênalti. Robson cobrou e diminuiu o marcador.
34min - GOOOOLLLL DO GUARANI!!!! Mazola é insistente. Após bate-rebate na entrada da área, o camisa 11 do time paulista bate cruzado e amplia.
SEGUNDO TEMPO
10min - Vandinho cobra pênalti na trave e desperdiça chance de diminuir o marcador.
25min - GOOOOLLLL DO GUARANI!!!! Fabão aproveita jogada pela direita e bate forte. 4 a 1.

O duelo em Campinas começou eletrizante, graças a alguns erros defensivos dos dois lados. Antes dos 15min, a partida já estava 2 a 1 para o Guarani. Os donos da casa, aliás, foram felizes em suas duas primeiras oportunidades. Aos 9min, Renan arriscou de fora da área e, beneficiado por um desvio, viu a bola ir para o fundo das redes.

Apenas dois minutos mais tarde, Ricardo Xavier aproveitou uma bobeira do sistema defensivo do Avaí -Marcinho cortou errado- e ampliou. 2 a 0. O Avaí esboçou uma reação logo depois. Aos 13min, Davi foi derrubado por Renan dentro da área. Pênalti. Robson cobrou e diminuiu o marcador.

Após isso, a partida ficou equilibrada. No entanto, a equipe treinada por Vagner Mancini foi eficiente em outra chance. Aos 34min, Mazola mostrou muita insistência. Após bate-rebate na entrada da área, bateu cruzado e ampliou

“Nosso time esteve bem no primeiro tempo. Aproveitamos alguns erros deles e conseguimos fazer um bom placar. Vamos tentar manter o mesmo ritmo na etapa final”, comentou o atacante Ricardo Xavier, um dos autores dos gols do time de Campinas. “Precisamos ter mais atenção”, alertou Gabriel, do Avaí

O técnico Antonio Lopes decidiu mudar na equipe. Sacou Eltinho e Roberto para colocar Pará e Vandinho, respectivamente. As alterações deram novo ânimo à equipe. No entanto, desperdiçou a oportunidade de fazer o segundo. Aos 10min, o próprio atacante Vandinho bateu um pênalti na trave.

Após isso, o jogo ficou nervoso, com muitas faltas e discussões entre os jogadores. Para piorar, o árbitro Djalma José Beltrami marcou pênalti a favor do Guarani, aos 23min. Mas a falta de Marcinho Guerreiro sobre Ricardo Xavier ocorreu fora da área. Ele ouviu o assistente e ‘consertou’ seu erro.

OPINIÃO DE JUCA KFOURI

"Bugre matou o jogo ao fazer 4 a 1 numa vitória brilhante"

O Guarani não se incomodou e, apenas dois minutos depois, chegou ao seu quarto gol. Após bela jogada pela direita, o zagueiro Fabão bateu forte e selou a tranquila goleada. No próximo sábado, os paulistas terão pela frente o Atlético-MG, fora de casa. Um dia depois, o Avaí tentará sua recuperação contra o Corinthians, na Ressacada.

GUARANI 4 x 1 AVAÍ

GUARANI
Douglas; Rodrigo Heffner, Fabão, Aílson e Márcio Careca; Renan, Paulo Roberto, Baiano (Geovane) e Mário Lúcio (Diogo); Mazola (Fabinho) e Ricardo Xavier
Técnico: Vágner Mancini

AVAÍ
Zé Carlos; Patric, Gabriel, Émerson e Eltinho (Pará); Marcinho Guerreiro, Rudinei, Caio e Davi (Marcos); Robson e Roberto (Vandinho)
Técnico: Antônio Lopes

Local: Estádio Brinco de Ouro da Princesa, em Campinas (SP)
Data: 7 de agosto (sábado)
Horário: 18h30 (de Brasília)
Árbitro: Djalma José Beltrami Teixeira (RJ)
Assistentes: Ediney Guerreiro Mascarenhas e Claudinei José de Oliveira Soares (ambos do RJ)
Cartões amarelos: Davi, Roberto, Rudnei e Marcinho Guerreiro (Avaí); Baiano, Fabão e Fabinho (Guarani)
Gols: Renan, aos 9min, Ricardo Xavier, aos 11min, Robson, aos 14min, e Mazola, aos 34min do primeiro tempo; Fabão, aos 25min do segundo tempo

Placar UOL no iPhone

Hospedagem: UOL Host