UOL Esporte Brasileirão - Série A
 
Thiago Bernardes/UOL

Meia Elias marcou o gol da vitória do Corinthians sobre o Flamengo por 1 a 0

08/08/2010 - 17h59

Corinthians domina o Fla, vence a 1ª com Adilson e segue na cola do Flu

Carlos Padeiro
Em São Paulo

Enquanto Mano Menezes está a dois dias de estrear na seleção brasileira, o Corinthians venceu a sua primeira partida após a saída do técnico e sob o comando de Adilson Batista. Na tarde deste domingo, o time alvinegro dominou o Flamengo no Pacaembu e ganhou por 1 a 0, gol de Elias, aos 39min do primeiro tempo.

Com o triunfo, o sétimo como mandante pelo Brasileirão, a equipe de Parque São Jorge chega a 28 pontos e segue na segunda colocação, um ponto atrás do líder Fluminense, que ganhou do Grêmio, em Porto Alegre, também neste domingo.

“Nosso time vem fazendo a diferença no Pacaembu. Estamos muito bem. Agora precisamos ganhar mais partidas longe daqui. Assim, podemos voltar à ponta”, destacou o zagueiro Chicão.

Já o time da Gávea acumula quatro partidas sem vencer e permanece na zona intermediária da tabela, com 17 pontos.

“A gente ficou atrás, deixando o time deles trabalhar a bola. E eles têm
muita qualidade. Aí complica. Só resolvemos jogador mesmo no final e até criamos algo. Mas já era tarde”, lamentou o lateral Leonardo Moura.

Por conta do placar magro, os 33 mil torcedores que foram ao estádio municipal da capital paulista passaram dois sustos nos minutos finais, quando os visitantes quase empataram, apesar da total superioridade do conjunto alvinegro em campo durante os 90 minutos.

PRINCIPAIS LANCES DA PARTIDA

PRIMEIRO TEMPO
16min - Alessandro cruza, Jucilei domina na área e chuta na saída do goleiro Marcelo Lomba, que salva com as pernas
22min - Cristian Borja invade a área pela esquerda e bate cruzado. Roberto Carlos tira de carrinho na boca do gol, antes de Val Baiano finalizar
28min - Jorge Henrique cai na área após carrinho de Léo Moura e os corintianos pedem pênalti. Muito perto do lance, o árbitro não marca nada
39min - GOOOOLLLL DO CORINTHIANS!!!! Elias recebe de Jucilei e chuta forte, da entrada da área, no canto esquerdo do gol flamenguista
47min - QUASE!!!! Melhor chance do Flamengo. Após bela troca de passes, Borja recebe cruzamento na área e, sozinho, finaliza por cima do gol
SEGUNDO TEMPO
28min - Elias recebe na área e perde o gol por duas vezes. Primeiro o corintiano chuta em cima do zagueiro; no rebote, chuta de novo e Marcelo Lomba pega
30min - Após contra-ataque puxado por Iarley, Jorge Henrique rola a bola para trás. Elias chuta, e Lomba defende de novo
43min - QUASE!!!! Julio Cesar erra ao sair do gol. Vinícius Pacheco pega a sobra e chuta rasteiro. O goleiro corintiano se redime e espalma pela linha de fundo
45min - Michael domina na área, mas chuta fraco. Julio Cesar defende com segurança e garante a vitória

Ainda houve um pênalti em Jorge Henrique no primeiro tempo, mas o árbitro Heber Roberto Lopes não assinalou. “Eu não iria cair à toa porque estava na cara do gol”, reclamou o camisa 23 alvinegro, na saída para o intervalo. Ele foi derrubado por Léo Moura.

No embalo da torcida e com o trio ofensivo Dentinho, Jorge Henrique e Iarley, além do apoio do meia Elias e das frequentes subidas dos laterais Alessandro e Roberto Carlos, o Corinthians partiu para cima do Flamengo no começo da partida.

Entretanto, o técnico Adilson Batista foi obrigado a mudar a sua estratégia logo aos 21min, quando Dentinho sentiu uma lesão e foi substituído pelo meio-campista Paulinho. A troca forçada não deu certo, e Paulinho entrou afoito, errando muitos passes.

Já a equipe carioca apresentou uma séria deficiência na armação das jogadas. Willians e Kleberson erraram muitos passes, e os raros bons lances no ataque surgiram apenas quando Petkovic aparecia.

Mais presente no ataque e com uma marcação forte no campo adversário, os donos da casa foram premiados aos 39min, quando Elias abriu o placar com um belo chute, da entrada da área, sem chances de defesa para Marcelo Lomba.

A melhor oportunidade do Fla surgiu apenas nos acréscimos. Cristian Borja entrou na área nas costas da zaga e completou de primeira um cruzamento, mas mandou por cima do gol.

“A gente sabe que a deficiência do Corinthians é a bola aérea. Vimos que no jogo contra o Palmeiras eles perderam todas as bolas assim, mas infelizmente a bola não está chegando”, comentou o centroavante Val Baiano.

OPINIÃO DO BLOGUEIRO

"Sem brilhar, o Corinthians segue na vice-liderança"

Na etapa final, os paulistas administraram a vantagem, enquanto os cariocas mantiveram um futebol de baixo nível, mesmo com as entradas de Vinicius Pacheco e Michael na frente.

Os comandados de Adilson Batista exageram na firula no ataque e por isso não ampliaram a vantagem. Pior, passaram por dois sustos no final, e só não levaram o empate graças a duas excelentes defesas de Julio Cesar.

CORINTHIANS 1 X 0 FLAMENGO

CORINTHIANS
Julio Cesar, Alessandro, Chicão, William e Roberto Carlos; Ralf, Jucilei e Elias (Danilo); Dentinho (Paulinho), Iarley (Defederico) e Jorge Henrique
Técnico: Adilson Batista

FLAMENGO
Marcelo Lomba, Leonardo Moura, Jean, Ronaldo Angelim e Juan; Antônio, Willians, Kleberson (Michael) e Petkovic (Diego Mauricio); Val Baiano e Cristian Borja (Vinícius Pacheco)
Técnico: Rogério Lourenço

Local: Estádio do Pacaembu, em São Paulo (SP)
Data: 8 de agosto de 2010, domingo
Árbitro: Heber Roberto Lopes (Fifa-PR)
Assistentes: Roberto Braatz (Fifa-PR) e Gilson Coutinho (PR)
Público: 33.032
Renda: R$ 936.324,00
Gol: Elias, aos 39min do primeiro tempo
Cartões amarelos: Jean (F)

Placar UOL no iPhone

Hospedagem: UOL Host