UOL Esporte Brasileirão - Série A
 
08/08/2010 - 07h14

PC admite demorar para usar 'quarteto' e alerta Vasco sobre o Vitória

Raphael Raposo
No Rio de Janeiro
  • Eder Luis deverá ficar como uma opção de Paulo César Gusmão neste domingo, contra o Vitória

    Eder Luis deverá ficar como uma opção de Paulo César Gusmão neste domingo, contra o Vitória

O Vasco terá três jogadores do chamado quarteto ofensivo na partida contra o Vitória, neste domingo, em São Januário, pelo Campeonato Brasileiro. Embora Paulo César Gusmão tenha testado a formação ‘preferida do torcedor’ durante a semana, a tendência é que Eder Luis fique no banco. O treinador explicou o motivo por uma opção mais conservadora.

Segundo Paulo César Gusmão, a escalação de Rômulo dará um poder de marcação maior ao meio campo. Além disso, dará uma liberdade maior para os homens de criação do Vasco.

“Com essa formação, temos uma marcação mais encaixada e o Felipe e o Zé Roberto ficam mais liberados para chegar à frente. Ainda vai demorar para jogarmos com esse quarteto. O time precisa se encaixar de uma forma que não sobrecarregue a defesa”, disse.

O treinador aproveitou para alertar sobre o perigo que a partida deste domingo pode representar ao Vasco. Paulo César Gusmão lembrou que o Rubro-Negro além de ser o vice-campeão da Copa do Brasil, foi a equipe que eliminou o Cruzmaltino da competição nacional.

“Não é preciso falar muito sobre o Vitória. Ficou com o segundo lugar da Copa do Brasil e venceu o Santos no último jogo. Conta com bons jogadores e eliminou o Vasco da competição. Temos de ter cuidado”, encerrou.

A equipe de São Januário foi eliminada da competição nacional na fase de quartas de final em função do gol tomado dentro de sua casa. No primeiro jogo, Em Salvador, o Rubro-Negro venceu por 2 a 0. Na partida de volta, no Rio, o Vasco bateu o adversário por 3 a 1.

Placar UOL no iPhone

Hospedagem: UOL Host