UOL Esporte Brasileirão - Série A
 
08/08/2010 - 16h09

Silas nega ida para o São Paulo e fala em irresponsabilidade da imprensa

Marinho Saldanha
Em Porto Alegre
  • Meira e Silas podem deixar o Grêmio em caso de mau resultado contra o Fluminense neste domingo

    Meira e Silas podem deixar o Grêmio em caso de mau resultado contra o Fluminense neste domingo

Antes da partida entre Grêmio e Fluminense, neste domingo, o técnico Silas se manifestou fortemente contra as informações que deixaria o Grêmio independentemente do resultado da partida. Segundo Silas, a imprensa foi irresponsável e faltou com o respeito com ele.

"Isso é uma falta de respeito. Eu não saí, não comuniquei saída a jogadores coisa nenhuma. É mentira, uma falta de responsabilidade de quem falou. Eu fico chateado porque a manifestação do torcedor é fruto do que ele ouve", disse Silas em referência a vaia que tomou quando seu nome foi anunciado pelo sistema de som do Olímpico.

"Eu admiro o Muricy Ramalho porque ele é como eu, eu já falei para vocês [imprensa], eu não quebro meus contratos. Se isso foi dito por alguém é uma irresponsabilidade comigo, com o Grêmio e com o São Paulo", referiu o treinador em tom irritado.

Silas não recebeu proposta oficial e refutou qualquer contato do São Paulo. "Eu já estou em um time grande, não tenho porque ir para outro. O São Paulo é como o Grêmio, não contrataria um técnico empregado", explicou.

Antes de entrar no gramado, Silas foi abraçado por Luiz Onofre Meira e Duda Kroeff. Os dirigentes do Grêmio demonstram apoio ao técnico, porém não está garantida sua permanência em caso de derrota.

Placar UOL no iPhone

Hospedagem: UOL Host