UOL Esporte Brasileirão - Série A
 
08/08/2010 - 18h59

Washington culpa 'falta de capricho' nas finalizações e nega crise no Ceará

Do UOL Esporte
Em São Paulo

Um empate por 0 a 0 diante do último colocado Atlético-GO frustrou a equipe do Ceará e especialmente os torcedores presentes no estádio Castelão, que não perdoaram o técnico Estevam Soares e dispararam gritos de “burro” ao final da partida, válida pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro. Já o time goiano, apesar de seguir na lanterna, deixou o gramado satisfeito com o ponto conquistado fora de casa.

Em um duelo praticamente de ataque contra defesa no Castelão, um dos motivos encontrados pelo Ceará para não balançar as redes do Atlético-GO, neste domingo, foi a ‘falta de pontaria’ e o ‘excesso de ansiedade’ na hora de concluir a gol. O confronto deste domingo terminou em um empate por 0 a 0 e deixou a torcida presente no estádio insatisfeita.

“Tivemos boas oportunidades. Faltou um pouco de capricho, um pouco menos de ansiedade talvez para conseguir o gol, mas vamos continuar trabalhando”, afirmou o atacante Washington, um dos responsáveis por algumas chances perdidas pela equipe do Ceará.

Porém, apesar do jejum de seis jogos sem vitórias (pelo Campeonato Brasileiro) após a Copa do Mundo, justamente depois da chegada do técnico Estevam Soares, Washington acredita que não há motivos para preocupação, e cita o fato de a equipe, mesmo sem conseguir vitórias, permanecer no G-4 da tabela.

“O time está no G-4 e não é de se menosprezar isso. Temos nossa qualidade. Pressão sempre acontece. Tivemos aí sete, oito rodadas dentro do G-4. Não tem crise aqui, não”, afirmou o atacante. O próximo adversário do Ceará no Campeonato Brasileiro é o Flamengo. O confronto acontece no Maracanã, no próximo sábado.

Placar UOL no iPhone

Hospedagem: UOL Host