UOL Esporte Brasileirão - Série A
 
10/08/2010 - 12h48

Com apresentação pomposa, Baresi admite surpresa e avisa: "sou interino"

Carlos Padeiro
Em São Paulo
  • Palavra interino está no subconsciente, mas dedicação e cobrança serão no máximo, diz Baresi

    Palavra interino está no subconsciente, mas dedicação e cobrança serão no máximo, diz Baresi

A apresentação do novo técnico interino do São Paulo foi digna de um reforço de peso. Menos de 24 horas após comandar um treino nas categorias de base, em Cotia, Sérgio Baresi mudou totalmente sua rotina. Compareceu ao CT da Barra Funda na manhã desta terça-feira para dirigir o time profissional, a pedido do presidente Juvenal Juvêncio, e se deparou com mais de 50 profissionais de imprensa.

O jovem treinador de 37 anos admitiu estar surpreso com tudo o que aconteceu repentinamente e, apesar de toda a pompa na sua chegada, deixou claro: “sou técnico interino.”

“A oportunidade de trabalho e projeção é excelente. Nem pensei se tinha escolha ou não. Estava dando treino em Cotia e recebi a notícia de que o presidente queria conversar comigo. Vim para o CT, batemos um papo e definimos”, revelou. “Foi uma ótima surpresa”, sorriu.

Não existe um prazo para Baresi comandar a equipe. Os dirigentes sonham com um treinador de peso, entretanto o mercado é restrito. Os nomes favoritos são Abel Braga e Paulo Autuori, ambos com contratos milionários no futebol árabe.

“A direção deixou bem claro que hoje sou o técnico interino do São Paulo. A palavra que fica no subconsciente, não só no meu, mas no de vocês [jornalistas] também, é interino, mas vou trabalhar como técnico de uma grande equipe e coloquei isso para os nossos atletas. Vou dar o meu máximo e exigir o máximo deles”, comentou.

“Não estou trabalhando para ser efetivado. As coisas podem acontecer para o sim ou para o não. É um desafio grande na minha vida e vou encará-lo sem medo de amanhã chegar um outro treinador aqui eu voltar pra base. Existe a probabilidade de isso acontecer e não há problema algum. Estou focado no Cruzeiro e na sequência da competição”, acrescentou Baresi.

No domingo, o novo comandante são-paulino, campeão da Copa São Paulo de Juniores em janeiro, estreia contra o time mineiro, no Morumbi, às 16 horas, pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro. Ele não contará com Alex Silva, machucado, e Miranda, suspenso. Xandão e Richarlyson estão no departamento médico e dificilmente se recuperam até o fim de semana.

"Não tive tempo de pensar na melhor formação, porque dois jogadores estão no departamento médico, o Richarlyson e o Xandão, e talvez voltem. Vou esperar até quinta para definir o sistema defensivo", informou.

Placar UOL no iPhone

Hospedagem: UOL Host